quinta 13 de junho de 2024Logo Rede DS Comunicação

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 34,90 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 13/06/2024
Envie seu vídeo(11) 4745-6900
Cidades

Câmara de Suzano terá sessão extraordinária nesta terça-feira

01 julho 2019 - 15h54Por de Suzano

A presidente da Câmara de Suzano, vereadora Gerice Lione (PR), a esposa do Prefeito da Academia, convocou sessão extraordinária para esta terça-feira (2), às 9 horas. Na pauta, está a discussão e votação do projeto de lei complementar 11/2019, que modifica dispositivos da lei complementar 226/2013, que dispõe sobre a criação do Passe Livre Estudantil, que permite a gratuidade no sistema de transporte coletivo de passageiros aos estudantes de Suzano.

A solicitação para a realização da sessão extraordinária partiu da Comissão de Trânsito, Transporte e Mobilidade Urbana da Casa de Leis, para que a propositura seja votada em caráter de urgência. A comissão é composta pelos parlamentares José Alves Pinheiro Neto (PDT), o Netinho do Sindicato (presidente); Denis Claudio da Silva (DEM), o filho do Pedrinho do Mercado (relator); e Rogério Gomes do Nascimento (PRP), o Rogério da Van (membro).

De acordo com a justificativa dos vereadores, o projeto busca adaptar a lei em vigor para atender a todos os estudantes da rede pública de competência do município de Suzano. “É uma consequência prática originada da reunião havida por esta Comissão Permanente com o dirigente de Ensino”, explicaram eles, referindo-se ao encontro realizado na semana passada em que o diretor regional de Ensino, Wilson Carlos Ribeiro, foi questionado sobre a retirada de transporte escolar para estudantes da rede estadual com idade a partir de 12 anos. A medida também recebeu uma moção de repúdio do Legislativo suzanense, aprovada por unanimidade na sessão realizada quarta-feira passada (26).

O projeto de lei complementar que será votado especifica que o Passe Livre Estudantil se destina a estudantes do 1º ao 5 ano do Ensino Fundamental regularmente matriculados nas instituições de ensino públicas.

Deixe seu Comentário

Leia Também