domingo 14 de abril de 2024Logo Rede DS Comunicação

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 34,90 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 14/04/2024
Envie seu vídeo(11) 4745-6900
Cidades

Caminhada 'Quebrando o Silêncio' reúne cerca de 400 pessoas em Suzano

28 maio 2017 - 08h01

A passeata da Igreja Adventista do Sétimo Dia de Suzano contra a violência às crianças e adolescentes reuniu, na tarde ontem, cerca de 400 pessoas, segundo a organização. A ação aconteceu na área central. Com objetivo de alertar a população sobre abusos e defesa dos direitos dos mais jovens, dezenas de pessoas caminharam com cartazes e instrumentos musicais para chamar a atenção da população. Segundo o pastor, coordenador da passeata e jornalista, João Xavier, a primeira caminhada com o mesmo objetivo também foi realizada em 2014. "Ela faz parte do projeto Quebrando o Silêncio, que visa combater a violência infantil. A Igreja Adventista do Sétimo Dia trouxe este projeto para a agenda com o objetivo de cuidar das crianças. Quando cuidamos das crianças de hoje construímos um Brasil para amanhã", pontua. Xavier destaca também que participaram da passeata os desbravadores e a fanfarra da Igreja, além de fiéis. O evento, que durou cerca de 1h30, contou também com o apoio da sub-sede da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) de Suzano e secretarias de Segurança Cidadã e de Transporte e Mobilidade Urbana. CAMINHADA A passeata também atraiu a atenção dos suzanenses. Isso porque os fiéis, entre eles crianças, carregavam faixas com diferentes orientações, alguns diziam "Se não cuidarmos das crianças hoje, não teremos Brasil amanhã", "Respeite a criança", "Não bata nos filhos de Deus", enquanto outros pediam "Quem ama protege" e "Diga não à violência". O trajeto da marcha subiu a Rua Benjamin Constant, virou na XV de Novembro e em seguida, desceu a General Francisco Glicério até voltar à Praça da Igreja Matriz, onde foi iniciada. Agentes da Secretaria de Transportes e Mobilidade Urbana atuaram para garantir a fluidez do trânsito durante o percurso. (P.Q.)