Envie seu vídeo(11) 97569-1373
Sintonize nossa Rádio101.5 FMClique e ouça ao vivo
Segunda 23 de Outubro de 2017

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 22/10/2017
mrv

Carreta de Mamografia detecta casos de câncer em Suzano

Cerca de 40 mulheres foram encaminhadas para segunda avaliação e tratamento médico

Por de Suzano21 SET 2017 - 17h26
Quase 1,5 mil mulheres foram atendidas pela carreta em agostoFoto: Sabrina Silva/Divulgação

Cerca de 40 mulheres foram encaminhadas para segunda avaliação e tratamento médico após realização do exame de mamografia na Carreta Mulheres de Peito, instalada em Suzano no último mês. O equipamento prestou serviço na cidade por 30 dias, a pedido do deputado Estevam Galvão (DEM) e deixou um saldo positivo na saúde local.

De acordo com balanço feito pela Secretaria Municipal de Saúde, quase 1,5 mil mulheres foram atendidas pela carreta. Deste total, a equipe médica constatou 17 casos com algum grau da doença. Outras 19 mulheres foram encaminhadas para segunda avaliação.

“Através da carreta Mulheres de Peito, o Governo do Estado consegue salvar vidas. São quase 40 mulheres que em um mês tiveram a oportunidade de diagnosticar precocemente o câncer de mama e trata-lo. Além disso, além das mulheres que aguardam pelo exame nas unidades básicas de saúde na cidade, outras pacientes de Suzano e região puderam fazer o exame, sem agendamento prévio ou qualquer burocracia”, afirmou o deputado.

Durante todo o mês de agosto, mulheres a partir de 35 anos puderam fazer o exame gratuito de mamografia. Para tanto, apresentaram no ato do atendimento o pedido médio (particular ou SUS), cartão SUS e RG. Mulheres com idade acima de 50 anos precisaram apresentar apenas o cartão SUS e RG, não sendo obrigatório a apresentação do pedido médico.

As carretas possuem 15 metros de comprimento, 4,10 metros de altura e, quando abertas, 4,90 metros de largura. Além de mamógrafo, cada veículo é equipado com aparelho de ultrassom, conversor de imagens analógicas em digitais, impressoras, antena de satélite, computadores, mobiliários e sanitários.

“A unidade móvel que veio para Suzano contou com uma equipe multidisciplinar composta por técnicos em radiologia, profissionais de enfermagem, funcionários administrativos e um médico ultrassonografista”, lembrou Estevam.

Além da realização dos exames, as imagens captadas pelos mamógrafos foram encaminhadas para o Serviço Estadual de Diagnóstico por Imagem (Sedi), serviço da Secretaria que emite laudos à distância, na capital paulista. O resultado sai em até 48 horas após a realização do procedimento.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias