sexta 01 de março de 2024Logo Rede DS Comunicação

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 34,90 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 29/02/2024
Envie seu vídeo(11) 4745-6900
Expectativa

Comerciantes esperam vender 20% mais com 13º

Expectativa é que aumente em 20 % a mais o faturamento de dezembro

04 dezembro 2022 - 10h00Por Guynever Maropo - da Reportagem Local
Os comerciantes suzanenses estão animados com o pagamento do 13° salário. A expectativa é que aumente em 20 % a mais o faturamento de dezembro. Por outro lado, os consumidores vão utilizar o dinheiro extra para quitar dívidas, presentear familiares e investir no futuro. 
 
O gerente do empório For All, Arthur da Silva espera aumento de 20% nas vendas de dezembro com o pagamento e as festividades de Natal e Ano Novo. Para ele, o mês de novembro foi o pior do ano. 
 
“A transição de governo está impossibilitando que o mercado se mantenha aquecido para as vendas de final de ano. Apesar de a Copa influenciar nas vendas de acessórios e vestimentas”, explica.
 
O gerente espera para o próximo ano a retomada da economia com novos empregos. “O baixo consumo está ligado ao fator econômico dos cidadãos. Se não há emprego, não se consome. Espero que melhore", conta.
 
A gerente da Dibs Rose Santos também aposta no aumento de 20% no consumo na temporada de Natal. "Novembro foi fraco nas vendas. Usamos a Copa para vender roupas. Mas agora com o 13° a expectativa é melhorar”, disse. Assim como nas outras lojas, a Águia Shoes também espera movimento maior com pagamento da primeira parcela do 13° que ocorre no final de novembro.
 
O gerente Sérgio Serafim disse que dezembro é o mês que mais movimenta o comércio.
 
“As datas comemorativas sempre vendem mais. Com o dinheiro extra os consumidores querem presentear familiares”, comenta.
 
O metalúrgico Eraldo Nunes disse que vai utilizar o pagamento para presentear a filha, com roupa e talvez um celular. Ele explica que dará a preferência para os filhos. “Não vou me presentar. O dinheiro será usado para comprar roupas para a minha filha”, disse.
 
O uso do dinheiro extra para presente também foi confirmado pela estudante Carolina Silva. A estudante vai se presentear desta vez. "Costumo presentear os familiares. Mas a prioridade será o meu presente e investimentos futuros”, esclareceu.
 
O pagamento também será utilizado para o pagamento de dívidas atrasadas. A dançarina Jennyffer Santos conta que se endividou com a compra dos figurinos. “Agora vou usar para pagar as contas que acumulei. Se sobrar talvez um presente para mim”, disse.
 
Já a estudante Maria Eduarda não recebe o 13°. Mas ele conta que se recebesse iria investir. “Pensar no futuro. Investir em algo que de retorno”, comenta. 

Deixe seu Comentário

Leia Também