quinta 18 de abril de 2024Logo Rede DS Comunicação

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 34,90 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 18/04/2024
Envie seu vídeo(11) 4745-6900
Cidades

Comércios esperam aumento de até 20% nas vendas do Dia das Mães

06 maio 2017 - 08h00

Os comércios suzanenses aguardam aumento de até 20% nas vendas do Dia das Mães. A mudança e decorações das vitrines tiveram início nesta semana. Os lojistas começaram a chamar os clientes por meio de redes sociais e mensagens via celular para avisar sobre as novidades que os comércios terão para a data. Em uma floricultura da cidade, alguns arranjos já foram encomendados. Segundo o presidente da Associação Comercial e Empresarial (ACE) de Suzano, Neder Romanos, o setor acredita que o período pode aquecer também o mercado de trabalho. "Acreditamos que tenha uma contratação sazonal de sete a 15 dias, no máximo, em lojas de presente, pois tem maior fluxo e contam com esta data para melhorar as vendas. Nossa expectativa é uma melhora em relação ao ano passado, e esperamos crescimento entre 15% a 20%", completa. A responsável por uma floricultura na Praça do Expedicionário, Célia Regina da Silva, conta que já iniciou as negociações com os produtores para o Dia das Mães. "Esta é a data número 1º em vendas. Como é uma data em que todos compram algo, acreditamos no aquecimento das vendas, isso porque, nos últimos anos tem se presenteado, avós, tias, cuidadoras de crianças", comenta. Célia adianta que para levar as novidades até os clientes ela enviou mensagens por celular e redes sociais. Na data, a loja vende desde plantas, orquídeas e violetas, até corujas de pelúcia e porcelana. O movimento em busca dos presentes deve ser mais intenso no começo da próxima semana. A gerente de uma loja de roupas femininas, na Rua Monsenhor Nuno, Thalita Maia, destaca que a unidade também usa a tecnologia para adiantar as novidades. A expectativa é que as vendas subam 5% em relação ao último ano durante a semana do Dia das Mães. "Já nos preparamos para a data e mudamos a vitrine. As reposições do estoque já foram feitas e reforçamos também o pedido de tamanhos maiores. Neste ano, tivemos o pagamento do Fundo de Garantia e logo será feito o saque do PIS, então acreditamos no aquecimento das vendas", afirma. Também tem boa expectativa, a representante de uma floricultura localizada na Rua Monsenhor Nuno, Gabriela Koyama. Ela adianta que a unidade abrirá no domingo de Dia das Mães. "Também fazemos a divulgação das novidades pelas redes sociais e os pedidos já foram reforçados com os produtores. Durante a data, as rosas importadas e as cestas de café da manhã são os itens mais procurados. Os pedidos começam na próxima semana", detalha. Em uma loja de sapatos na Rua General Francisco Glicério, o gerente Airton Ribeiro Lima conta que a decoração em alusão a data foi feita na virada do mês. Na unidade, o artigo mais procurado são as botas. "Esperamos crescimento de 10% neste ano em relação a 2016. Colocamos cartazes e o movimento já melhorou", conclui.

Deixe seu Comentário

Leia Também