quinta 23 de maio de 2024Logo Rede DS Comunicação

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 34,90 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 23/05/2024
Envie seu vídeo(11) 4745-6900
Cidades

Complexo Viário do Rodoanel impulsiona indústrias da região

Outro projeto importante é a elaboração do projeto executivo viário

12 abril 2024 - 08h00Por Lohayne Martins - de Suzano
O Centro das Indústrias do Estado de São Paulo (Ciesp) Alto Tietê acredita que o projeto de um complexo viário, em torno do Rodoanel, em Suzano, será um marco de investimentos para a região. Essa obra não apenas facilitará o escoamento da produção local, mas também abrirá novas portas para a chegada de novas indústrias.
 
A expectativa é de que o acesso estratégico proporcionado pelo complexo atraia investimentos significativos para a área, impulsionando ainda mais o setor de indústrias, “a criação do Complexo Viário é um investimento muito aguardado pelo Ciesp, pois vai facilitar o escoamento da produção de nossa região”, explica a entidade.
 
O Ciesp informou que além desse projeto, a Secretaria de Parcerias em Investimentos (SPI) autorizou a elaboração do projeto executivo da marginal que ligará a Rodovia Ayrton Senna ao Distrito Industrial do Taboão, em Mogi das Cruzes. “Esses dois projetos se complementam, já que vão facilitar a logística entre as empresas, em especial, das plantas de uma mesma indústria que são localizadas em cidades vizinhas, gerando economia e agilidade”, finaliza o Ciesp.
 
Complexo Viário 
 
O futuro ‘Complexo Viário’, anunciado pelo Governo do Estado em março deste ano, tem previsão de investir R$ 30 milhões a partir de 2025. Esse projeto vai transformar o cenário urbano em Suzano, no entorno do Rodoanel.
 
O projeto executivo propõe a construção do “Complexo Viário do Alto Tietê”, que inclui a implantação de alças de saída do Trecho Leste do Rodoanel Mario Covas (SP-21) em Suzano, a adequação das vias no entorno, a construção de uma passarela acessível para pedestres e outras alterações na malha viária da região.
 
A elaboração do projeto tem até 12 meses para ser concluída e deve iniciar a partir de 2025.
 
Os trabalhos de implantação do complexo ficarão sob responsabilidade da Concessionária SPMar e contarão com um aporte do Governo do Estado. A proposta também inclui a adequação da rotatória próxima ao limite entre Suzano e Poá, na Avenida Major Pinheiro Fróes (SP-66), e a criação de pistas marginais no Rodoanel, para melhorar o fluxo de veículos após a criação do complexo.
 
Alça
 
A alça será implantada na Avenida Brasil, uma das principais vias de ligação entre Suzano e Poá, passando por cima da Linha 11 - Coral da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) e criando um corredor com a Avenida Senador Roberto Simonsen, que ajudará a ligar o anel viário a bairros do centro expandido da cidade, como Jardim Casa Branca, Jardim Márcia, Jardim Imperador, entre outros. A primeira fase é a execução do projeto executivo. 

Deixe seu Comentário

Leia Também