quarta 28 de fevereiro de 2024Logo Rede DS Comunicação

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 34,90 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 28/02/2024
Envie seu vídeo(11) 4745-6900
Cidades

Corte do preço do gás de cozinha chega devagar às revendedoras; redução atinge até R$ 2,30

Segundo a Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), no início de dezembro o preço do botijão de 13 quilos em Suzano varia de R$ 110 à R$ 99

17 dezembro 2022 - 19h00Por Guynever Maropo - de Suzano
Após o anúncio da Petrobras, o preço médio do GLP (Gás Liquefeito de Petróleo), o gás de cozinha, teve redução de 9,7% nas refinarias para as distribuidoras no Brasil. Revendedores de Suzano começam a reduzir o valor. A redução média foi de R$ 2,30 no preço do botijão de 13 quilos.
 
Segundo a Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), no início de dezembro o preço do botijão de 13 quilos em Suzano varia de R$ 110 à R$ 99. A coleta dos dados é referente a primeira semana de dezembro, que teve atualização nesta segunda (12) devido a paralisação para assistir aos Jogos do Brasil.
 
O repasse ao consumidor final depende de políticas comerciais de distribuidoras e revendedores.
 
A empresa previu redução do preço indo de R$ 3,58 por quilo para R$ 3,23. Valor é equivalente a R$ 42,04 por 13 quilos, refletindo uma redução média de R$ 4,55 por 13 quilos.
 
Em nota, a Petrobras afirmou que "busca o equilíbrio dos seus preços com o mercado, mas sem o repasse para os preços internos da volatilidade conjuntural das
 
Em levantamento da ANP, os três revendedores de Suzano, que constam no documento, o preço médio do botijão de gás de 13kg varia de R$ 110 a R$ 99. 
 
O preço mais alto foi localizado na revendedora da Avenida Armando Salles à R$110 o botijão.
 
Os menores preços à R$ 99 foram encontrados nas distribuidoras da Avenida Brasil e Avenida Miguel Badra.
Revendedores
 
A distribuidora Ultragás, localizada na Avenida Armando Salles, reduziu o valor do botijão de cozinha. Para entrega a distribuidora revende a R$120, já para retirada o preço é R$ 110.
 
O proprietário Wesson Santos explica que se for um cliente com pedido grande ele costuma dar desconto no botijão. “Os preços são esses. Mas tudo depende da questão de negociar e ver como ajudar o cliente para ninguém sair perdendo”, conta.
 
Na revendedora Supergasbras, houve uma diminuição de dois reais no preço do botijão para retirada. Na semana passada, o botijão custava R$117 e foi para R$115. Já para retirada custa R$103.
 
Na Geo Gás também houve uma queda de R$2,30 no preço do botijão. Uma funcionária que preferiu não se identificar informou que atualmente o preço para entrega sai por R$110. Já os clientes que preferirem retirar vão pagar R$105. (g.m.)