domingo 14 de abril de 2024Logo Rede DS Comunicação

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 34,90 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 14/04/2024
Envie seu vídeo(11) 4745-6900
Conferência de Assistência

Cras do bairro Casa Branca tem inauguração prevista para janeiro

Anúncio foi feito durante a 11ª Conferência Municipal de Assistência Social, realizada nesta quinta-feira (27) no Teatro Municipal Doutor Armando de Ré

27 julho 2017 - 20h28Por Marília Campos - De Suzano
O secretário de Assistência e Desenvolvimento Social, Claudinei Valdemar Galo, confirmou que o Centro de Referência de Assistência Social (Cras) do bairro Casa Branca deverá ser inaugurado entre dezembro e janeiro. O anúncio foi feito durante a 11ª Conferência Municipal de Assistência Social, realizada nesta quinta-feira (27) no Teatro Municipal Doutor Armando de Ré. O evento também contou com a presença do prefeito Rodrigo Ashiuchi (PR), que destacou o atendimento social a 80 mil pessoas na cidade. 
 
Para Galo, o grande desafio da pasta é criar metas que o município realmente consiga alcançar. "O desafio é que criemos metas que para uma melhoria no quadro de assistência social, tanto de atendimento à população, como de organização dos funcionários e também para que o município aproveite melhor as verbas de repasse".
 
Apesar disso, Galo anunciou uma data base para a inauguração do Cras do Casa Branca. "Temos várias deficiências que precisam ser sanadas. A cada dia temos um avanço. Estamos iniciando o prédio do Cras Casa Branca, que deve ser entregue até dezembro ou janeiro, para termos uma acomodação melhor". 
 
 
O secretário também afirmou que o espaço esportivo e cultural na Região Norte, a Praça de Esporte e Cultura (PEC), abrirá atendimento ao público em outubro. "É um complexo da assistência social do esporte, lazer e cultura. A data de entrega é dia 12 de outubro, Dia das Crianças. A PEC 3000 vem suprir necessidades, as normas dos Sistemas Únicos de Assistência Social (Suas) determinam que a cada cinco mil pessoas atendidas no setor, tenha uma unidade. A Região Norte atende quase 8 mil pessoas e necessitou da criação deste novo aparelho".
 
Em discurso, Ashiuchi destacou que 11ª Conferência Municipal de Assistência Social é um evento preparativo, a fim de que metas sejam estabelecidas pela equipe atuante nas entidades prestadoras de serviços, bem como nos equipamentos públicos, como os Centros de Referência Especializado em Assistência Social (Creas) e Cras. "Hoje, nosso Cadastro Único atende a 13 mil famílias, ou 80 mil pessoas. Cada dia a demanda cresce e devemos estar preparados para atender em várias frentes. Destaco o trabalho feito com pessoas em situação de rua. Já mandamos mais de 12 pessoas para a casa, junto à família, com muito respeito e carinho", disse. 
 
O evento reuniu representantes de entidades socioassistenciais, agentes e usuários do serviço de convivência, bem como secretários e vereadores.

Deixe seu Comentário

Leia Também