sábado 22 de junho de 2024Logo Rede DS Comunicação

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 34,90 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 21/06/2024
Envie seu vídeo(11) 4745-6900
Cidades

Delegacia da Mulher e Sala Rosa ampliam atendimento em Suzano

Delegadas estiveram no DS para entrevista ao vivo, ao lado da presidente da Comissão da Mulher Advogada

23 março 2019 - 22h55Por Aline Moreira - de Suzano
A Delegacia da Mulher de Suzano ampliou o atendimento às mulheres vítimas de violência neste início de ano. Além de Suzano e Mogi das Cruzes, a próxima cidade do Alto Tietê a ter uma Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) será Itaquá.
 
A delegacia está sendo instalada onde, atualmente, fica o Departamento de Polícia (DP) Central da cidade. De acordo com a delegada responsável pelo local, Luciana Amat, a inauguração deve acontecer em breve, assim que questões de infraestrutura forem sanadas. 
 
"Os funcionários já foram convidados e as equipes já estão sendo montadas. Ainda faltam alguns detalhes, mas ela será inaugurada o mais rápido possível", conta. No começo de fevereiro, a Prefeitura de Itaquá havia confirmado a abertura do local para o dia 8 de março, dia internacional da mulher. 
 
Luciana esteve presente no programa "DS Entrevista" dessa quarta-feira (20) juntamente com a delegada responsável pela DDM de Suzano, Silmara Marcelino, e a presidente da Comissão da Mulher Advogada da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) da subseção de Suzano, Maria Margarida Mesquita, para falarem da importância dos atendimentos especializados às mulheres vítimas de violência doméstica. 
 
De acordo com um levantamento da Prefeitura de Itaquá, os casos de violência contra as mulheres no município chegam a 60%, fato esse que mobilizou a administração pública a trazer uma unidade especializada para a cidade. A delegada Silmara conta que a vinda de mais unidades na região tende a desafogar as delegacias de Suzano e Mogi, que hoje atendem a maioria das demandas de violência contra a mulher da região. 
 
"O objetivo maior da DDM é dar um atendimento mais especializado para a vítima que se sente constrangida de procurar uma delegacia normal. Por isso é importante ter DDMs em outros municípios, porque às vitimas vêm de longe para ser atendidas e o número de ocorrência de Itaquá é considerável aqui em Suzano", explica Silmara. 
 
Sala Rosa
 
Além da vinda de mais uma DDM para a região, Suzano irá contar com mais uma Sala Rosa, dessa vez no 2º Departamento de Polícia (DP) da cidade, localizado no bairro Boa Vista. A advogada Maria Margarida explicou como funciona o local e sua importância para as vítimas. 
 
"A sala existe para atender as vítimas de violência juridicamente. É lá que iremos explicar tudo a ela, confortá-la e orientá-la. Todo o atendimento é gratuito e disponibilizamos um grupo de voluntarias que fazem esse trabalho", conta. 
 
A entrevista completa você confere na página do Diário de Suzano no Facebook. 

Deixe seu Comentário

Leia Também