quarta 21 de fevereiro de 2024Logo Rede DS Comunicação

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 34,90 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 21/02/2024
Envie seu vídeo(11) 4745-6900
Cidades

Educação promove formação de diretores sobre violência escolar

Orientação voltada para 50 profissionais faz parte de projeto contra preconceito nas escolas e nas relações pessoais

04 novembro 2022 - 21h31Por de Suzano
A Secretaria Municipal de Educação promoveu uma formação para 50 profissionais acerca do programa Prevenir a Violência Escolar, na manhã da última quinta-feira (03/11), no Complexo Educacional e Cultural Mirambava, no centro de Suzano. A orientação, voltada para professores e diretores da rede municipal de ensino, também contou com apoio do Conselho Municipal de Promoção à Igualdade Racial (Compir), destacando projetos e cursos de ação para combater o preconceito em sala de aula. A iniciativa ocorre em parceria com as secretarias de Saúde, Segurança Cidadã e Assistência e Desenvolvimento Social.
 
Na ocasião, os profissionais da Educação suzanense receberam uma orientação acerca de métodos e projetos que podem ser conduzidos para evitar casos de violência física e psicológica no ambiente escolar, desde salas de aula, passando por refeitórios e corredores, até suas residências, de forma que as crianças estejam protegidas e resguardadas nos relacionamentos com colegas e familiares.
 
A formação é parte de uma série de orientações periódicas, organizadas de forma conjunta pelas pastas, visando a melhor capacitação dos profissionais para atuarem no campo escolar. Desta maneira, os protocolos de ação, acolhimento e apoio às vítimas podem ser unificados de modo a prover conforto para todos os envolvidos, privilegiando a formação escolar dos jovens. Segundo o titular da pasta da Educação, Leandro Bassini, as capacitações periódicas garantem que os alunos da rede municipal tenham as melhores condições para focar em seu aprendizado e nos estudos. “Em todas as esferas, nossos jovens precisam se sentir seguros para aprender e ter a infância que lhes é direito. Com esta formação, podemos reforçar a luta incessante contra o preconceito nas nossas escolas para que o respeito impere acima de tudo”, disse.
 
O projeto
 
Conduzido pela administração municipal, por meio da Secretaria Municipal de Educação, o projeto Prevenir a Violência Escolar foi introduzido na rede municipal de ensino em 2019 com o apoio do Instituto Cultiva, sempre com o intuito de evitar casos de violência psicológica e física nas salas de aula. Por meio de uma rede de monitoramento constituída por professores, supervisores, diretores e articuladores sociais, a pasta municipal consegue identificar uma série de situações que possam privar um jovem de seus plenos direitos, como, por exemplo, se há dificuldade alimentar em sua residência, se um caso de bullying interfere na vida e autoestima da vítima, entre outros. Em atuação conjunta, a Educação suzanense pode promover o acolhimento da criança e encaminhá-la para outros setores que possam atender suas necessidades, como a Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social e o Fundo Social de Solidariedade.