Envie seu vídeo(11) 97569-1373
Sintonize nossa Rádio101.5 FMClique e ouça ao vivo
Segunda 23 de Outubro de 2017

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 22/10/2017
mrv

Em entrevista à SP/Rio 101.5 FM, Larissa faz balanço de ações do FSS

Contou sobre os principais projetos que estão em vigor no fundo social e enfatizou o Bazar Social

Por Aline Moreira - ESPECIAL PARA O DS06 OUT 2017 - 10h22
Larissa concedeu entrevista na SP-Rio 101.5 FMFoto: Nilson Amâncio/DS
A primeira-dama Larissa Ashiuchi, presidente do Fundo Social de Solidariedade e dirigente do Serviço de Ação Social e Projetos Especiais (Saspe) de Suzano, fez nesta quinta-feira (5), durante entrevista à Rádio SP/Rio 101.5 FM, uma emissora da Rede DS de Comunicação, balanço dos principais projetos. Ela enfatizou o Bazar Social, ocorrido na quarta-feira (4) e quinta-feira (5) no Casarão das Artes para arrecadar brinquedos para as crianças. "É uma iniciativa que estamos pensando para a campanha do Natal" contou, ao jornalista Ayl Marques. 
 
A primeira-dama afirmou também que a nova gestão do Saspe vem atendendo as necessidades dos suzanenses por meio de projetos sociais. "Além dos cursos oferecidos gratuitamente, temos a estrutura do pré-vestibular que está preparando jovens para ingressar nas universidades”, disse.
 
Ela afirmou que outros cursos estão tendo um retorno positivo. “As pessoas que passaram pelas nossas captações já estão empregadas" conta. As prioridades da Saspe para 2018 será aumentar o número de vagas e aumentar os cursos. Um deles é o de empreendedorismo. "Está sendo necessário. Quando alguém da cidade se torna um empreendedor, conseguimos girar a economia também", afirma. 
 
Suzano foi a cidade escolhida para acolher o Polo Regional da Padaria Artesanal pelo governo do Estado de São Paulo por causa da estrutura física do Saspe e das características técnicas do município. Esse também é um projeto que já existem há algum tempo e tem como objetivo ensinar a população a elaborar pães. "A inauguração será em novembro. Já conseguimos atender os instrutores que são passados pelo governo do Estado, além de claro, atender os instrutores do Alto Tietê", relata.
 
Assim como a Padaria Artesanal, outro projeto que também passou por reformulação é o Programa Boa Visão. Ele foi remodelado ao orçamento disponível. Este ano o projeto está voltado para as crianças de 3 a 6 anos e, ao todo, 360 crianças foram beneficiadas com óculos gratuitos. Foram feitos mais de 3 mil triagens e quase 2 mil exames oftalmológicos. Atualmente o projeto está na terceira fase. Já foi feita a parte da triagem nas escolas, os exames oftalmológicos e agora a é a fase das entregas dos óculos. "Para o ano que vem esperamos estar ampliando e quem sabe atender algumas idades a mais do que atendemos hoje. Os pais agradecem muito! O feedback está sendo fantástico e muito positivo", afirma. 

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias