terça 18 de junho de 2024Logo Rede DS Comunicação

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 34,90 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 18/06/2024
Envie seu vídeo(11) 4745-6900
Raul Brasil

Enquanto as aulas não voltam, alunos passam por atendimento psicológico

Data para retorno das aulas ainda não foi definida. Atividades de acolhimento e atendimento psicológico são oferecidas

28 março 2019 - 23h58Por de Suzano
As aulas na Escola Estadual Raul Brasil continuam sem previsão de retorno. Durante esta semana os alunos participam de atividades de acolhimento e atendimentos com psicólogos. Segundo a Secretaria de Educação do Estado, a data de volta às aulas será definida após uma avaliação sobre o estado dos alunos e professores.
 
Durante esta semana, a escola está aberta para os alunos em horário regular, das 7 às 18 horas. Eles são recebidos por professores e psicólogos, que organizam atividades lúdicas. As ações visam diminuir o trauma vivido pelos alunos e incluem dinâmicas, leitura das cartas de apoio, exibição e reflexão de filmes, entre outras ações.
 
O psicólogo Dr. Diogo Arnaldo Corrêa explica que vítimas de catástrofes sofrem uma série de impactos de caráter psicológico e social. "Considerando que todos nós estamos expostos às afetações da vida, as pessoas que passaram por essa situação na Escola Raul Brasil trarão memórias que requererão tempo pessoal de significação", explica.
 
Em relação às atividades de acolhimento e atendimento psicológico, o especialista afirma que os ambientes escolares exigem atenção, diálogo e encaminhamentos a serviços de apoio específico. 
 
"Lidar com essa situação requer a garantia de um ambiente onde se possa falar e compreender os sentimentos, com amparo de especialistas, para que haja, em nível de apoio em rede, suportividade e enfrentamento", conta.
 
Em relação ao tempo de recuperação dos alunos, Dr. Diogo Arnaldo explica que o acompanhamento psicológico de pessoas que passam por situações como esta não pode ser estipulado em tempo. "Não há plano terapêutico para a capacidade de significar o sofrimento, o que pode ser dado única e exclusivamente à medida que o próprio sofrente elabora suas vivências", afirma.
 
A Secretaria de Educação do Estado enfatiza que a data do retorno das aulas ainda não foi definida pela direção da escola Raul Brasil e será definida em função do trabalho com os alunos e professores nesta semana. 
 
Durante a manhã desta quinta-feira (28), o Governador João Doria entregou a Medalha MMDC - Caetano de Campos, da Secretaria de Estado da Educação, à comunidade escolar e instituições que se destacaram durante o episódio ocorrido na Escola Raul Brasil, por suas ações relevantes no enfrentamento, proteção, socorro e amparo às vítimas e aos seus familiares. Entre os homenageados estão alunos, merendeiras, professores, vice-diretores, policiais e profissionais da saúde.