sábado 22 de junho de 2024Logo Rede DS Comunicação

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 34,90 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 21/06/2024
Envie seu vídeo(11) 4745-6900
Cidades

Entidades e autoridades políticas de Suzano emitem nota de repúdio contra humorista

01 junho 2019 - 13h26Por Aline Moreira - de Suzano
A polêmica do vídeo 'Escola' do humorista Dihh Lopes tem causado muitas reações negativas desde que foi postado nas redes sociais na última segunda-feira (27). Isso porque o comediante faz comentários, que ele classifica como piadas, controversos sobre a tragédia na Escola Estadual Raul Brasil. Em resposta ao conteúdo divulgado, diversas entidades de ensino, de justiça e autoridades políticas publicaram notas de repúdio em suas redes sociais. 
 
Além disso, o vereador Lisandro Frederico (PSD) informou essa semana, que iria enviar o conteúdo ofensivo ao Ministério Público (MP). 
 
A Faculdade Piaget publicou um texto condenando a forma como o humorista tratou a tragédia e a cidade de Suzano enfatizando a forma desrespeitosa e preconceituosa utilizada no conteúdo apresentado no vídeo. "É inadmissível utilizar a arte do humor e a liberdade de expressão para fazer escárnio com fato profundamente dolorido”. 
 
A Faculdade Unida de Suzano (Unisuz) também se manifestou sobre o caso. Em um texto simples, a unidade prestou solidariedade as autoridades e população da cidade e pronunciou com a frase "Liberdade de expressão tem limites". 
 
A Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), da subseção de Suzano, também prestou solidariedade aos familiares e amigos das vítimas da Escola Raul Brasil e manifestou repúdio através do texto publicado na página oficial no Facebook. 

Deixe seu Comentário

Leia Também