terça 21 de maio de 2024Logo Rede DS Comunicação

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 34,90 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 19/05/2024
Envie seu vídeo(11) 4745-6900
Cidades

Escolas municipais recebem projeto de horta e pomar comunitários

Espaços estão localizados no Residencial Nova América e no Jardim Gardênia Azul

12 abril 2024 - 23h00Por De Suzano

A Prefeitura de Suzano realizou o plantio de mudas de árvores, verduras e hortaliças nesta sexta-feira (12/04) em duas escolas da rede municipal de ensino. Os espaços, entregues pelo Viveiro Municipal Tomoe Uemura, são parte do projeto “Horta e Pomar na Escola”, que tem como objetivo promover a educação ambiental e a alimentação saudável nas unidades escolares. Os eventos foram acompanhados pela primeira-dama e dirigente do viveiro, Larissa Ashiuchi, do vereador Marcio Alexandre de Souza, o Marcio Malt, e do secretário municipal de Educação, Leandro Bassini.

Cerca de 120 alunos participaram das atividades que aconteceram nas escolas municipais Zaira Assen Torrano, no Residencial Nova América, no período da manhã; e Esther Hidalgo Leite Rondinelli, no Jardim Gardênia Azul, na parte da tarde. Os pomares e hortas foram construídos por meio do projeto, que é realizado pelo Viveiro Municipal com o apoio da Secretaria de Educação, sendo viabilizado por emenda impositiva do vereador Marcio Malt.

As crianças realizaram plantio de mudas de verduras e hortaliças, como alface, couve, coentro, salsa e cebolinha. Além das hortas, elas também cultivaram pés de pitanga, maracujá, amora, acerola, jabuticaba, limão, laranja e mexerica. Na escola Esther Hidalgo Leite Rondinelli, 23 alunos participaram da atividade. Já na Zaira Assen Torrano, a ação teve cerca de 90 alunos.

O secretário municipal de Educação, Leandro Bassini, lembrou da importância de ensinar as crianças a preservarem o meio ambiente e terem uma alimentação saudável por meio do projeto. “A parceria faz com que tenhamos, desde cedo, crianças com um olhar importante para a saúde delas. O plantio é simbólico, mas a educação será para a vida delas”, afirmou Bassini.

O projeto ocorre em diversas escolas da rede municipal e tem se expandido para unidades que ainda não o haviam recebido. A ideia é fazer com que as crianças promovam o cultivo para que as verduras e hortaliças se desenvolvam e, posteriormente, sejam colhidos e entregues às famílias dos alunos.

A primeira-dama e dirigente do viveiro, Larissa Ashiuchi, enalteceu o projeto e parabenizou as equipes das escolas pela dedicação com as crianças para fechar o ciclo de desenvolvimento das hortaliças. “O ‘Horta e Pomar na Escola’ funciona muito bem aqui na cidade porque os professores abraçam a ideia. Desde o plantio até a colheita há um grande cuidado por parte deles para que tudo dê certo e para que a mensagem seja bem entendida pelas crianças. Estamos educando uma geração que desde cedo vai ajudar a preservar o meio ambiente”, afirmou ela.

As atividades desta sexta-feira ainda contaram com as presenças da gestora estratégica da pasta da Educação, Renata Priscila, e do diretor do Viveiro, Marcelo Silva.

Deixe seu Comentário

Leia Também