domingo 26 de maio de 2024Logo Rede DS Comunicação

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 34,90 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 26/05/2024
Envie seu vídeo(11) 4745-6900
Cidades

Estado confirma a abertura de 240 vagas de hemodiálise em Suzano

Expectativa é de que as atividades sejam iniciadas nos próximos meses

16 abril 2024 - 19h22Por De Suzano

Suzano recebeu, nesta terça-feira (16), a confirmação da abertura de 240 vagas para tratamento de pacientes renais crônicos no Hospital Regional do Alto Tietê (HRAT), localizado na Vila Amorim. A ordem de serviço para reforma do espaço que receberá os aparelhos foi dada e a expectativa é de que as atividades sejam iniciadas nos próximos meses. As informações foram anunciadas pelo próprio secretário estadual de Saúde, Eleuses Paiva, durante reunião com o Consórcio de Desenvolvimento dos Municípios do Alto Tietê (Condemat+) e o presidente da Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (Alesp), deputado André do Prado, na sede da pasta, na capital paulista. 

Segundo o governo do Estado, com a assinatura da ordem de serviço, a previsão é de que, inicialmente, venham a ser acolhidos até 240 pacientes, divididos em três turnos, com a utilização de 40 novas máquinas, que serão instaladas na unidade. Diante da demanda do Alto Tietê, a capacidade poderá chegar a 320 pessoas, desde que haja a ampliação de mais um turno.

Para além do HRAT, Ashiuchi solicitou a viabilidade da ampliação de turnos em hospitais já existentes, como medida de atender a população de forma imediata. “As 240 novas vagas que serão atendidas no Hospital Regional do Alto Tietê, o antigo ‘HC de Suzano’, já foram confirmadas e serão destinadas, conforme apontou o secretário Eleuses Paiva, aos moradores das cidades da região. Também pedimos esse apoio de ampliação imediata, em um estudo com clínicas e hospitais conveniados e que já prestam esse serviço”, disse.

Em sua fala, o secretário municipal de Saúde, o médico Diego Ferreira, também enfatizou a necessidade da ampliação de cirurgias ortopédicas e procedimentos eletivos para o município e região. “É preciso agilizar o atendimento à população. Hoje, Suzano conta com médicos especialistas e promove cirurgias de baixa complexidade. As demandas de média e alta complexidades são atendidas pelo Estado, que precisa acolher de maneira mais célere. Por isso, hoje fizemos esse pedido ao governo do Estado”, explicou. 

Durante o encontro, houve ainda as demandas apresentadas pelo Condemat+, por meio do presidente Vanderlon Gomes e demais prefeitos da região, como a descentralização e a regionalização da Central de Regulação de Oferta de Serviços de Saúde (Cross); a ampliação imediata da oferta de consultas e exames especializados ambulatoriais e cirurgias eletivas e não eletivas; e a reavaliação da oferta de leitos e procedimentos cirúrgicos de Traumato-Ortopedia, Hospital de Custódia, Serviço de Verificação de Óbitos e a regularidade no abastecimento do projeto “Dose Certa”. A previsão é de que ocorra ainda neste mês uma nova reunião da Secretaria de Estado de Saúde com o consórcio regional.

Deixe seu Comentário

Leia Também