Envie seu vídeo(11) 4745-6900
Logo de aniversário de 60 anos
segunda 02 de agosto de 2021

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 01/08/2021
Cruzeiro do Sul
CENTRO MÉDICO CLUBE DS - TOPO

Estado gasta mais de R$ 1,43 milhão por mês com alimentação de presos

04 OUT 2015 - 08h00

O governo do Estado gasta mensalmente mais de R$ 1,43 milhão para alimentar os 3.999 presos dos Centros de Detenção Provisório (CDPs) de Suzano e Mogi das Cruzes. O reajuste do valor foi publicado no Diário Oficial do Estado (DOE) e calculado de acordo com o Índice de Preços ao Consumidor (IPC-Fibe).

Somente em Suzano são gastos R$ 753.602,40 por mês. Atualmente, 2.008 detentos estão na unidade. Segundo a publicação, o valor foi reajustado em 8,26% e está em vigor desde o dia 1º de junho. Com isso, a diária de cada preso, somente com alimentação, é de R$ 12,51. O valor é dividido em três partes: desjejum (R$ 1,35), almoço (R$ 5,58) e jantar (R$ 5,58).

Em Mogi, o reajuste tem o mesmo percentual de Suzano, porém como a unidade tem um menor número de presos e o valor da diária é menor (R$ 11,44), o investimento com alimentação é de R$ 683.311,20 por mês. No CDP mogiano são gastos R$ 1,10 com o desjejum, R$ 5,17 com o almoço e o mesmo valor com a janta. No local, atualmente há 1.991 presos.

As duas unidades estão superlotadas já que possuem capacidade para 844 detentos, ou seja, há dois presos para cada vaga.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias