Envie seu vídeo(11) 4745-6900
terça 16 de agosto de 2022

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 16/08/2022
SESC AGOSTO 2022

Estado inicia elaboração do projeto de duplicação da Rodovia Índio-Tibiriçá

DS trouxe reportagem mostrando que as obras de recuperação estrutural e superficial seriam concluídas em setembro

Por de Suzano28 JUN 2022 - 05h00
Estado confirmou que iniciou projeto para a duplicação da viaFoto: Regiane Bento/DS
O Departamento de Estradas de Rodagem (DER) confirmou ontem ao DS que iniciou projeto executivo para realizar obras de duplicação da Rodovia Índio-Tibiriçá (SP-31). 
 
Ao mesmo tempo, o departamento garantiu que investe em melhorias na via, como no trecho de 37 kms entre São Bernardo do Campo, Santo André, Ribeirão Pires e Suzano. Os recursos são de R$ 1,9 milhão. A obra foi entregue em 2020.
 
Naquele ano, o DS trouxe reportagem mostrando que as obras de recuperação estrutural e superficial seriam concluídas em setembro. 
 
Na época o DER descartou uma terceira pista, isso porque projeto executivo da obra não previa, naquele momento, a implantação de uma nova faixa.
 
Em reportagem publicada em novembro de 2019 pelo DS, a Secretaria de Logística e Transporte do Estado de São Paulo, havia confirmado que parte da via passaria por uma espécie de “duplicação”, para melhorar a segurança dos motoristas e usuários, evitando conversões proibidas na via.
 
Segundo a Secretaria, a terceira pista seria do quilômetro 58,5 até o quilômetro 62,3, no total de 4 quilômetros.
 
Ainda segundo o DER, toda a parte de estruturação da via já foi concluída, incluindo a implantação de dispositivos de acessos de retorno na altura do quilômetro 58,5 e no quilômetro 60. 
 
Além disso, a aplicação de micro revestimento já foi realizada em quase toda a extensão da Índio- Tibiriçá.
 
Foram realizados serviços na via para a implantação de outro dispositivo no quilômetro 61, e a aplicação de micro revestimento também do quilômetro 53 ao quilômetro 57 e do quilômetro 60 ao 61.
 
Para essas intervenções, o investimento foi de aproximadamente R$ 19 milhões.
 
As obras foram iniciadas em junho de 2019. Na época, a previsão era de que as intervenções fossem concluídas em 12 meses.
 
A Rodovia Índio Tibiriçá é uma ligação entre a região do Alto Tietê e do ABC, e recebe cerca de 19 mil veículos diariamente.
 
A via também é uma opção para os moradores da região que precisam ir até a Baixada Santista, pela Rodovia Caminho do Mar (SP-148), também conhecida como Estrada Velha de Santos.
 
Além disso, a Índio-Tibiriçá também dá acesso à Zona Sul da cidade de São Paulo.
 
As obras realizadas na via beneficiarão diretamente os municípios de Suzano, no Alto Tietê, além de Ribeirão Pires, São Bernardo do Campo e Santo André.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias