terça 28 de maio de 2024Logo Rede DS Comunicação

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 34,90 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 28/05/2024
Envie seu vídeo(11) 4745-6900
Cidades

Exposição 'Marias' termina nesta quinta-feira no Moriconi

Com 22 obras e entrada totalmente gratuita, a mostra revela as memórias afetivas e a representatividade feminina ao longo dos anos

27 março 2024 - 22h00Por De Suzano

A Secretaria de Cultura de Suzano segue até esta quinta-feira (28/03) com a exposição “Marias”, em alusão ao mês das mulheres, no Centro de Educação e Cultura Francisco Carlos Moriconi. Sob a curadoria da fotógrafa Kelly Ramos, a mostra revela o universo feminino por meio da força, presença e passado das mulheres, trazendo uma narrativa de protagonismo. O evento faz parte do calendário do mês em homenagem ao Dia Internacional das Mulheres, celebrado em 8 de março.

A seleção conta com objetos do acervo familiar da curadora como máquina de costura antiga, álbuns de fotografia, receitas de culinária escritas à mão pela mãe da artista, dentre outros itens repletos de memória afetiva e representatividade feminina, além de instigar o visitante a voltar no tempo para um ambiente de aconchego com jeito de casa de vó.

Para os interessados em comparecer, a visitação pode ser feita das 9 às 19 horas. O Centro de Educação e Cultura Francisco Carlos Moriconi está localizado na rua Benjamin Constant, 682, na área central de Suzano. Vale ressaltar que a entrada é totalmente gratuita.

De acordo com a secretária Márcia Belarmino, o evento é mais do que uma mostra, ela também mexe com a memória afetiva de quem visita o espaço. “A exposição está ocorrendo neste mês de março, mas conta com histórias de protagonismo e resistência feminina de décadas. Acredito que muitas irão se identificar e lembrar de um passado não muito distante, quando visitavam as avós, tias, e outros locais que possam despertar esse sentimento de aconchego e pertencimento”, ressaltou a chefe da pasta.

“As obras contam a história de gerações de resistência e reescrevem narrativas esquecidas, por sua vez, os objetos celebram a riqueza de uma cultura que merece ser não apenas vista, mas entendida e exaltada. Para nós, mulheres, é muito importante e significativo nos vermos representadas dessa forma”, finalizou a secretária de Cultura.
 

Deixe seu Comentário

Leia Também