quarta 21 de fevereiro de 2024Logo Rede DS Comunicação

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 34,90 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 21/02/2024
Envie seu vídeo(11) 4745-6900
Cidades

Ferraz recebe espetáculo de teatro No Quintal do Mundaréu

Evento será gratuito, livre para todas as idades, e ocorrerá no dia 23 de dezembro

14 dezembro 2022 - 18h00Por de Ferraz

A cidade de Ferraz de Vasconcelos se prepara para receber um grande espetáculo de teatro denominado “No Quintal do Mundaréu”, no qual envolve música popular brasileira, apresentação de mamulengos (bonecos), performance de artistas, dança e o uso variado de linguagens típicas do Brasil.

O evento será gratuito, livre para todas as idades, e ocorrerá no dia 23 de dezembro, a partir das 18h30, na Praça dos Trabalhadores (no Centro de Convenções). A ação é fruto da parceria da Prefeitura de Ferraz de Vasconcelos (por meio da Secretaria de Cultura e Turismo) e Governo do Estado de São Paulo (Circuito SP), com produção do Grupo Teatro do Imprevisto.

O pano de fundo da peça de teatro celebra a vida de mulheres representativas, mas também faz uma forte denúncia contra a violência cotidiana das lutas femininas. O elenco artístico conta com nomes de peso, a saber: Carolina Marques, Cibele Tomaz, Izildinha Costa, Ricardo Salem e Viviani Rau.

A população ferrazense irá se encantar com a história de “Maria”, uma menina que não quer nascer. O texto irá retratar a infância e a juventude com a missão de celebrar o milagre do nascimento.

O espetáculo celebra a fragilidade e a força do feminino e dialoga principalmente com as meninas e mulheres que podem se espelhar na personagem principal e compartilhar das suas angústias, mas também se inspirar na sua luta e coragem por querer mudar o mundo a partir de sua existência.

O Grupo

O Grupo Teatro do Imprevisto tem origem e atuação a partir da cidade de São José dos Campos (SP). Criado em 2004, o coletivo dedica suas pesquisas na relação do ator-brincante com as formas animadas, pautando o hibridismo em suas produções, que o levaram ao encontro do teatro de mamulengos, teatro de papel e miniaturas, conhecido como “lambe-lambe”.

Com direção e produção geral de Ricardo Salem, o coletivo também trabalha com diretores convidados, com intuito de criar parcerias para aprimoramentos técnico e artístico. Pela trajetória do grupo constam parcerias com Thiago Almeida e Iasmim Marques, do Grupo Girino de Belo Horizonte (MG), Caren Ruaro, da Cia. do Trailer de São José dos Campos, Mestra Titinha e Mestre Bila, do Museu do Mamulengo de Glória do Goitá (PE), e Luiz Carlos Laranjeiras, do Grupo Teatro Vento Forte, de São Paulo (SP).