quinta 18 de abril de 2024Logo Rede DS Comunicação

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 34,90 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 18/04/2024
Envie seu vídeo(11) 4745-6900
Suzano

Festas das Águas oferece ações sociais no Max Feffer

Evento acontece até as 20h30. A organização é da Igreja Cristã Mundial com apoio da Prefeitura

08 julho 2017 - 13h22Por Lucas Lima - De Suzano

A 12ª edição da Festa das Águas acontece neste sábado no Parque Municipal Max Feffer, em Suzano. São oferecidos serviços de lazer, saúde, beleza, batismo e shows de bandas gospel, além de adoção de animais. O evento acontece até as 20h30. A organização é da Igreja Cristã Mundial com apoio da Prefeitura.

No local, os serviços oferecidos são totalmente gratuitos. O visitante teve a oportunidade de colocar os exames médicos em dia, relaxar e cuidar da aparência, exercitar o corpo, além de receber o atendimento jurídico e a possível recolocação no mercado de trabalho. Além disso, também teve um espaço reservado para cães e gatos, inclusive com uma feira de adoção. Até as 11 horas, cinco cães já haviam sido adotados e mais de 15 atendimentos veterinários foram realizados.

O operador de empilhadeira Gilmar Reis da Silva aproveitou para levar a cachorra Lolita. “Como não tenho oportunidade de levar ela no médico e fiquei sabendo que teria na festa, vim trazê-la para ver se está tudo bem com a saúde dela. A festa é muito boa. Incentiva as pessoas saírem de casa e oferece tudo de importante”, enfatizou.

A primeira-dama da cidade e presidente do Fundo Social de Solidariedade (FUSS), Larissa Ashiuchi, também compareceu ao evento. Ressaltou o objetivo de assistência social. “Há muitas ações sociais à comunidade. Além de passar a mensagem da igreja, que é fazer o bem ao próximo, a população tem a oportunidade de fazer exames de saúde e desfrutar de atendimentos de beleza. Nós, da Prefeitura, sempre vamos apoiar essa festa”, explicou.

O deputado federal Roberto de Lucena (PV) também estava presente. Ele elogiou o evento e afirmou que lutará para colocar a festa no calendário estadual. “Evento tradicional na cidade e que cresce a cada ano, com muita organização. A população é beneficiada de todas as formas e isso que é essencial. Além disso, não tem preço ver todas as famílias reunidas em um único lugar”.

Para as crianças há muitas brincadeiras. A auxiliar de limpeza Luana Afonso levou a filha Isabela, de 7 anos, e a sobrinha Fernanda, de 11 anos, para se divertirem. “Tirar um pouco elas de casa para aproveitarem. Uma festa que realmente oferece de tudo e iremos voltar mais vezes”, completou. 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também