quinta 22 de fevereiro de 2024Logo Rede DS Comunicação

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 34,90 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 21/02/2024
Envie seu vídeo(11) 4745-6900
Cidades

Gratuidade no transporte beneficia idosos com 112 mil passagens por mês

A partir de 1º de janeiro volta a gratuidade para idosos de 60 anos nos trens, metrôs e ônibus intermunicipais

21 dezembro 2022 - 12h00Por Guynever Maropo - de Suzano
A gratuidade no transporte público de Suzano beneficia, mensalmente, idosos com 112 mil passagens nos ônibus e nas vans.
 
O benefício é garantido na cidade para pessoas com idade a partir de 60 anos desde 2006.
 
Na última semana, o governador Rodrigo Garcia sancionou a lei nº 17.611 que concede gratuidade às pessoas entre 60 e 65 anos no transporte coletivo de passageiros administrados pelo Estado de São Paulo.
 
Em Suzano, os idosos aprovaram o retorno da gratuidade nos transportes públicos do Estado.
 
A aposentada Irani Moreira disse que o benefício será aceito por todos idosos que ficaram sem a gratuidade nos últimos anos. “As empresas de transporte retiraram muito dinheiro do idoso nesse período que ficou sem. Fico feliz por retornar com esse direito”, conta.
 
Uma das idosas que perdeu o benefício foi a aposentada Maria José. Ela conta que utilizava o cartão para passear aos fins de semana. Quando cancelaram a gratuidade para a faixa etária dela, Maria também perdeu o benefício. “Foi rápido o cancelamento do cartão. Agora que vão retornar preciso ir atrás dos documentos para garantir esse direito”, comenta.
 
Já o autônomo Carlos Aparecido conta que ainda não atingiu a faixa etária que garante o benefício. Aparecido destacou que ficou feliz com o retorno da gratuidade. “No próximo ano faço 60 anos. Assim que concluir a idade vou fazer o cartão do idoso”, diz.
 
A partir de janeiro de 2023, o público desta faixa etária poderá utilizar o benefício por meio de um bilhete eletrônico de uso pessoal e intransferível, que pode ser utilizado no metrô, nos trens da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) e nos ônibus intermunicipais da Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos (EMTU).
 
“A partir de 1º de janeiro, será dada a gratuidade para essas pessoas no transporte público do estado. É uma lei aprovada pela Assembleia, sancionada por mim, um entendimento de toda a sociedade para a volta da gratuidade para todos os idosos”, disse Rodrigo Garcia.
 
A nova lei poderá ter impacto orçamentário de R$ 360 milhões. Os estudos foram feitos com base na demanda de passageiros de 2019. Os custos reais dependerão da demanda de passageiros no sistema.

Deixe seu Comentário

Leia Também