segunda 15 de abril de 2024Logo Rede DS Comunicação

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 34,90 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 14/04/2024
Envie seu vídeo(11) 4745-6900
Cidades

Secretário afirma que guardas municipais serão armados até o final deste ano

Para que a medida entre em vigor, a Prefeitura trabalha para entregar uma documentação ao Exército Brasileiro

20 julho 2017 - 09h50Por Pâmela Queiróz - De Suzano
A Guarda Civil Municipal (GCM) de Suzano passará a ser armada até o final deste ano. Por dia, 75 agentes atuarão com porte de arma de fogo. Para que a medida entre em vigor, a Prefeitura trabalha para entregar uma documentação ao Exército Brasileiro, que permitirá a ação. As informações foram divulgadas na quarta-feira (19) pelo secretário de Segurança Cidadã, Fátimo Aparecido Rodrigues, a reportagem do DS. Ele também concedeu entrevista na rádio SP/Rio 101.5 FM ao jornalista Ayl Marques.
 
Rodrigues explica que nas últimas semanas ele tem estado em contato com a Secretaria de Segurança de Campinas, que cederá 25 revólveres, calibre 38, à cidade - armas que estavam na reserva. Como os equipamentos serão utilizados em três turnos, 75 agentes serão armados. "Eles modernizaram o armamento e nos doaram estas 25 armas. Agora o trâmite é fazer um documento entre quem doa as armas, o Exército e a Guarda Civil suzanense. Depois encaminhamos este documento ao Exército para que estas armas sejam relacionadas como parte do efetivo da nossa Guarda", detalha. 
 
O prazo, entre parte administrativa e exame psicotécnico, medida obrigatória para que os agentes possam andar armados, será realizado assim que o pregão presencial de registro de preços - que contratará a empresa especializada em avaliação psicológica - for encerrado. A abertura dos envelopes está agendada para 2 de agosto.
 
"Acredito que neste ano ainda poderemos armar os guardas. Teremos a doação destas 25 armas que serão usadas pelos agentes durante o respectivo turno, em revezamento. Temos três plantões, e em todos eles, teremos o GCM armado, durante o trabalho ostensivo e preventivo nas ruas. Mas temos ainda um projeto maior, para que todos os GCM's tenham a própria arma", pontua. 
 
O armamento da guarda é uma das metas da pasta para esta gestão. Em entrevista anterior ao DS, Rodrigues disse que pelo menos 40 guardas já estavam aptos para usar as armas, ou seja, já passaram pelo exame psicotécnico, mas em decorrência da legislação farão novo teste para se enquadrar a determinação.