segunda 24 de junho de 2024Logo Rede DS Comunicação

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 34,90 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 23/06/2024
Envie seu vídeo(11) 4745-6900
Suzano

INSS ignora pedidos da OAB, Prefeitura e Câmara e encerra nesta terça-feira perícia médica

Intenção era impedir o fechamento dos serviços de perícias médicas; mas instituto marcou encerramento para esta terça-feira

30 abril 2019 - 00h04Por Aline Moreira - de Suzano
O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) encerra nesta terça-feira (30) os serviços de perícia médica na Agência da Previdência Social (APS) de Suzano. Com isso, mais de 1,3 mil atendimentos (mês) deixam de acontecer na unidade. Agora, os exames periciais serão realizados nas demais agências da região, Guarulhos, Itaquaquecetuba e Mogi das Cruzes. 
Desde que foi anunciado o fim dos serviços, no começo de março, a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) da subseção de Suzano, vem tentando impedir o fechamento do setor de perícias. Mas mesmo com os pedidos da entidade, o INSS ignora as reivindicações e opta pelo encerramento do setor. 
 
Na manhã de segunda-feira (29), o presidente da OAB de Suzano, Wellington da Silva Santos, se reuniu com o prefeito Rodrigo Ashiuchi (PR) para discutir o assunto. Foi proposto pela entidade, um trabalho conjunto entre a Câmara Municipal, a Prefeitura e os representantes da cidade junto à Câmara Federal e Assembléia Legislativa do Estado de São Paulo (Alesp), para buscar uma solução ao problema, que deverá afetar muitos segurados. 
 
Anteriormente a reunião, a OAB enviou um ofício ao INSS solicitando informações sobre o encerramento do setor. "Questionamos quais as razões para a alteração, uma vez que mais de mil perícias são feitas mensalmente, e a data efetiva da suspensão dos atendimentos. Além disso, pedimos que esclarecessem as dúvidas dos munícipes", informa o presidente. "Mas já adianto que estaremos em reunião em todas as esferas do INSS (de Suzano à Brasília) tentando reverter essa decisão de encerrar os atendimentos", acrescenta Santos. 
 
O fim dos serviços deve "pegar" de surpresa à maioria dos segurados, uma vez que o INSS havia informado, em março, que os serviços iriam acabar definitivamente no 2º semestre deste ano. Em conversa com a reportagem, o operador de máquinas Edinilson Elias da Silva, de 39 anos, diz não ter sido informado pelos funcionários da unidade sobre o fim dos atendimentos. "Estive aqui em janeiro para fazer a perícia, que me deixou afastado por dois meses, e pediram para voltar em abril. Cheguei aqui para remarcar o exame e pediram para eu retornar dia 3 de maio para agendar novamente. Ninguém me informou nada sobre o encerramento desse serviço enquanto estive lá dentro", conta. Nenhum comunicado foi deixado na frente da unidade e muitos segurados dizem não saber sobre o assunto. 
 
Os atendimentos pendentes (que já estavam agendados) ocorrem até hoje na unidade. A partir de maio, os exames de perícia serão realizados apenas nas unidades de Mogi, Itaquá e Guarulhos. Dez médicos, que atuavam na APS suzanense, serão transferidos para essas unidades. 

Deixe seu Comentário

Leia Também