domingo 25 de fevereiro de 2024Logo Rede DS Comunicação

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 34,90 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 25/02/2024
Envie seu vídeo(11) 4745-6900
Cidades

'Memória Viva' vai homenagear três personalidades de Suzano

Ada Bizzi Radi, Fernando Masatoshi Yamasaki e Ariovaldo Pereira Nunes serão os homenageados no evento

19 abril 2023 - 13h00Por Da Reportagem Local

O Casarão da Memória Antônio Marques Figueira (rua Campos Salles, 547 - Centro) vai receber a cerimônia de mais uma edição do projeto “Memória Viva” em 20 de abril, às 19 horas. A iniciativa tem por objetivo recuperar, registrar, preservar e disseminar informações relevantes da memória social da comunidade, ressaltando o protagonismo das pessoas na construção da história de Suzano. 

Ada Bizzi Radi, Fernando Masatoshi Yamasaki e Ariovaldo Pereira Nunes serão os homenageados no evento.

O projeto “Memória Viva" presta uma homenagem a cada edição para diversas personalidades, nascidas ou não em Suzano, em vida ou “in memoriam”, pela sua contribuição ao município. Vale destacar que a iniciativa é uma forma de valorizar a contribuição dos “construtores” da cidade sob todos os aspectos, cabendo a valorização de todo e qualquer profissional, de todas as classes sociais, que tenham se tornado referência em seus campos de atuação.

“Temos o dever de promover o reconhecimento das pessoas que ajudaram a tornar Suzano o que hoje é: uma referência no Alto Tietê e em todo o Estado. Desse modo, é possível fazer com que o cidadão agraciado com a homenagem sinta-se, de fato, como peça estritamente fundamental para os avanços da cidade ao longo dos anos, independentemente do lugar de sua área de trabalho”, destacou o secretário de Cultura, o vice-prefeito Walmir Pinto.

Homenageados

Ada Bizzi Radi nasceu em Suzano, em 1934, com formação em Desenho Geral e Pedagógico pela Faculdade Santa Marcelina, atuando na área como professora durante dois anos na cidade. Vale destacar que ela também foi eleita rainha da Festa do Morango em 1952, destacando a produção agrícola do município na época.

Já o empresário Fernando Masatoshi Yamasaki nasceu em 1955 e é formado em Arquitetura e Urbanismo, residindo na cidade desde os 4 anos de idade. O arquiteto foi colunista por diversos anos nos jornais Diário de Suzano e Rua de Osasco, e nas revistas Leve Suzano e Ato Mogi das Cruzes.

Atualmente Yamasaki realiza obras de arquitetura de interiores e paisagismo, administra o Suzano Garden e Arplanja, local em que pretende montar uma fundação para colaborar com escolas carentes e orientar os alunos a levarem para casa saberes de como cuidar de seu espaço verde, tanto estético quanto medicinal e aromático.

Por sua vez, Ariovaldo Pereira Nunes nasceu na cidade de Ribeirão Pires, em 1948, mas se mudou para Suzano aos 2 anos. No município trabalhou por um período em algumas empresas e, após isso, criou o conjunto musical chamado “The Seekers”.

O grupo fez sucesso e anos mais tarde Nunes foi convidado para ocupar o cargo de encarregado na Unidade Municipal de Cadastramento (UMC) do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra). Vale destacar, que ele ainda ocupou outros cargos na gestão do então prefeito Pedro Miyahira (1969-1973), na elaboração de laudos de avaliação de imóveis rurais que se tornaram áreas industriais para instalações de várias indústrias no município.
 

Deixe seu Comentário

Leia Também