segunda 15 de abril de 2024Logo Rede DS Comunicação

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 34,90 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 14/04/2024
Envie seu vídeo(11) 4745-6900
Cidades

Moradores sofrem com descarte irregular em terreno há dois anos

10 agosto 2017 - 07h55Por Lucas Lima - De Suzano
Moradores das ruas Manoel Honorato dos Santos e Waldemar Bertolino Santos Sobrinho, localizadas no Jardim Varan, em Suzano, sofrem com o descarte irregular de lixos e entulhos em um terreno baldio, que fica no cruzamento das vias. Segundo eles, a situação ocorre há mais de dois anos e a Prefeitura amontoou a sujeira em uma parte do espaço. 
 
Móveis velhos, sacolas plásticas com lixos, sapatos, telhas, tijolos e até mesmo animais mortos são encontrados no local. Por conta disso, os moradores reclamam do cenário visto diariamente e temem a proliferação de mosquito da dengue. Isso porque em dias de chuva, a área fica repleta de água, que demora a escoar. Além disso, as condições atraem frequentemente bichos para as casas próximas, como ratos e baratas. 
 
De acordo com a costureira Arlete Severo, os lixos e entulhos deveriam ser retirados o mais rápido possível. "É um perigo para toda a população da região. Muita sujeira que pode causar doenças. Passo todo dia em frente ao local e temo pela minha saúde. A Prefeitura precisa terminar o serviço", argumentou.
Já a dona de casa Teresinha Santos Silva disse que as pessoas também tinham que se conscientizar de não fazer o descarte irregular. "É um desrespeito dos próprios suzanenses, que vão a outro bairro jogar lixo e entulhos em espaços vazios. Um problema que hoje, atinge toda a cidade", lamentou.
 
A marreteira Camila Volpe comentou que não passa próximo ao terreno porque não aguenta o mau odor. "Um descaso ver uma condição como esta. Antigamente, lembro que crianças brincavam de bola, de pipa, entre outras atividades. Agora, os pais não deixam porque ficam com medo deles pegarem doença", explicou. 
 
Em maio, a Secretaria de Manutenção e Serviços Urbanos informou que iria até a área para verificar a situação.
 
Resposta
 
O Jardim Varan deverá ser incluído no cronograma de ações de retirada de lixos e entulhos pela cidade. O bairro Monte Cristo já recebeu os trabalhos, que também será realizado no Jardim São Bernardino, onde concluirá a retirada de resíduos na região.

A Secretaria de Manutenção e Serviços Urbanos esclareceu que o Jardim Varan será incluído nas ações; Em média 500 toneladas de resíduos de áreas públicas são retiradas por mês. Em julho deste ano, cerca de mil toneladas foram removidas. O abandono de muitos anos, aliado ao constante descarte irregular, provocou uma situação complicada no município. O secretário da pasta, Ari Serafim Barbosa, o Ari do Posto, disse que os moradores precisam de um pouco de paciência e que os serviços serão realizados.

Também informou que um trabalho está sendo realizado para monitorar a origem dos grandes descartadores irregulares de detritos. Em conjunto com a Secretaria de Meio Ambiente, estratégias estão sendo traçadas para coibir e impedir que criminosos realizarem o descarte de lixo residencial e proveniente de construção civil nas Áreas de Preservação Ambiental (APA) do município. Um projeto para identificar e cadastrar os grandes geradores de detritos e inertes está sendo desenvolvido. Estes geradores terão que arcar com os custos da captação e destino final de seu lixo e detritos, além das punições por eventuais descartes irregulares.

Informações e denúncias podem ser feitas pelo telefone 4745-2162. 
 

Deixe seu Comentário

Leia Também