domingo 25 de fevereiro de 2024Logo Rede DS Comunicação

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 34,90 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 25/02/2024
Envie seu vídeo(11) 4745-6900
Cidades

Municípios esperam reforço na segurança com efetivo policial

Com novo secretário de Segurança Pública, Guilherme Derrite, cidades aguardam melhorias

26 fevereiro 2023 - 14h00Por Ingrid Leone - de Suzano
As cidades de Suzano, Mogi das Cruzes, Ferraz de Vasconcelos, Itaquaquecetuba e Poá aguardam reforço no efetivo policial das cidades e investimento com o novo secretário estadual de Segurança Pública, Guilherme Derrite. 
 
Em Suzano, uma reunião entre o prefeito Rodrigo Ashiuchi (PL), o secretário interino de Segurança Cidadã e Derrite, ocorreu na quinta-feira (16). 
 
No encontro, foi enfatizado a importância do fortalecimento das operações em âmbito municipal, com enfoque no combate ao tráfico de drogas e a preservação da ordem pública, sobretudo no foco do aumento da sensação de segurança. 
 
Para a Prefeitura, as prioridades são a mudança da sede da secretaria, que ficará na antiga escola do Sesi do Jardim Natal, a partir de recursos próprios, e com possível implantação do centro de operações da Guarda Civil Municipal (GCM).
 
A gestão também priorizou a reformulação de toda a frota da corporação, que hoje conta com 41 veículos, leiloando os que têm mais de cinco anos de uso; a aquisição de equipamentos de ponta necessários para atuação, inclusive para Defesa Civil e realização de capacitações para os servidores.
 
O secretário de Segurança de Mogi, Toriel Sardinha, também colocou entre as prioridades para o município, o aumento do efetivo da Polícia Civil e Polícia Militar. “Nos últimos concursos, não enviaram efetivo para a cidade”, comentou Sardinha. 
 
A segunda prioridade para o município é a melhoria no convênio entre Mogi e Estado para que os agentes de trânsito e a GCM possam autuar as infrações estaduais na cidade. 
 
Há uma reunião marcada para acontecer depois do Carnaval, entre o secretário Sardinha, o prefeito Caio Cunha e Derrite, ainda sem data fixa. Na pauta do encontro está uma manutenção da Polícia Militar e Corpo de Bombeiros entre município e Estado.
 
Entre as principais cidades entrevistadas pelo DS, a Prefeitura de Ferraz deverá solicitar apoio à implementação da Delegacia da Mulher, programa com o decreto de criação, mas que ainda depende da implementação do local, além das instalações. Sendo assim, buscam agilizar o equipamento e diminuir o número de casos de violência contra a mulher. 
 
Para Itaquá, a expectativa é de continuar a articulação entre os governos por meio da Secretaria Municipal de Segurança Urbana com as polícias Civil e Militar. Deve ser solicitado aumento no efetivo, com atenção especial para a cidade.
 
Entre as prioridades, estão a continuidade com a redução de homicídios, que em 2022 apontou índice histórico de queda, conforme estatística apresentada pela Segurança Pública.
 
Poá informou que a expectativa com o novo secretário é de firmar convênios com o Estado e fortalecer a segurança municipal, como, por exemplo, a implantação do sistema que detecta "cerca virtual", além do aumento no efetivo. 
 
PROGRAMA ATIVIDADE DELEGADA
 
O Programa Atividade Delegada, convênio entre o Estado de São Paulo e municípios, deve continuar em Mogi das Cruzes. 
 
A parceria ainda não aconteceu em Suzano e Itaquá. Mas em Ferraz já ocorre convênio entre Polícia Militar e pretende-se manter o projeto com bons resultados, principalmente no patrulhamento das áreas mais suscetíveis da cidade. 
 
Poá também não possui a atividade, mas estão sendo realizados estudos de impacto financeiro para viabilização.
 
A ação coloca os policiais militares que estão nas folgas, para auxiliar o trabalho da Polícia Civil e fiscalizar os trabalhos nas cidades.