quinta 18 de abril de 2024Logo Rede DS Comunicação

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 34,90 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 18/04/2024
Envie seu vídeo(11) 4745-6900
Cidades

Músico angaria fundos para tratamento de tumor em Barretos

23 julho 2017 - 13h47Por Marília Campos - De Suzano
O músico suzanense Reginaldo Oliveira Santos Junior, conhecido artisticamente como Fillipi Reis, angaria fundos para a estadia na cidade de Barretos, onde passa por tratamento quimioterápico desde o início do ano. Fillipi luta há quase três anos contra um tumor no cérebro e em janeiro foi operado no Hospital das Clínicas no interior do Estado. O paciente conseguiu cantar e tocar violão enquanto os médicos realizavam o procedimento cirúrgico.
 
Após a operação, Filipi ainda foi submetido a 27 sessões de radioterapia e agora passa por tratamento quimioterápico também na cidade de Barretos, onde vive com a esposa Brunna Miranda e filho de cinco anos. A expectativa é de que a permanência da família no interior se estenda até janeiro. Para ajudar nos gastos, Brunna criou um crowdfunding (vaquinha virtual) no site www.vakinha.com.br. A campanha intitulada "Luta contra o Câncer" visa angariar R$ 18 mil até dia 26 de agosto. Até o momento, R$ 2,5 mil foram obtidos. 
 
Brunna explica que qualquer valor pode ser doado e a plataforma disponibiliza os pagamentos em cartão ou boleto bancário. A família também busca auxílios financeiros para a situação, como o Benefício da Prestação Continuada (BPC) da Lei Orgânica da Assistência Social (LOAS) e o TFD- Tratamento Fora do Domicílio. Contudo, os trâmites seguem em andamento e ainda não foram efetuados. 
 
"Estamos (vivendo) por conta desde dezembro. O pessoal faz festas e rifas, porque eu larguei o serviço para correr atrás (do tratamento para o marido). Meu filho não tem com quem ficar e também veio conosco. Aqui (em Barretos) tudo é muito caro. Por mês, pagamos R$1,1 mil de aluguel em um quarto com banheiro, mais R$ 800 de remédios, fora alimentação e despesas de casa. Tudo é feito com ajuda de amigos", conta a esposa. 
 
Também é possível contribuir com a causa a partir de depósito bancário na Caixa Econômica Federal. A conta poupança 240128-1 segue no nome de Brunna Miranda Costa, agência 0288 013. 
 
Cirurgia
A cirurgia cerebral conseguiu remover 75% do tumor instalado no cérebro de Fillipi, o abscesso comprometia a fala e a parte motora. Contudo, a operação foi efetuada com sucesso e o paciente conseguiu até mesmo cantar e tocar violão enquanto os médicos procediam. "Foi demais essa experiência. Foi uma ousadia do médico, que me chamou e explicou 'se você operar acordado, a gente tem mais chances de você não ficar paralítico'. Eles mapearam a região do cérebro, então, enquanto eu tocava, eles estavam mexendo na cabeça. Ele (o médico) usou esse esquema todo, foi uma operação de seis a oito horas de duração", disse o músico.

Deixe seu Comentário

Leia Também