sábado 22 de junho de 2024Logo Rede DS Comunicação

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 34,90 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 21/06/2024
Envie seu vídeo(11) 4745-6900
Cidades

‘OAB vai à Escola’ iniciará atividades nos próximos meses

Ação consiste em levar noções de cidadania para os alunos do ensino médio, bem como atos infracionais, bullying, discriminação, ódio, direito de família e violência sexual

23 maio 2019 - 07h55Por Daniel Marques - de Suzano
O presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) de Suzano, Wellington da Silva Santos, e o vice-presidente, Fabrício Cicone, confirmaram que nos próximos meses, o projeto "OAB vai à Escola" será iniciado em Suzano. A ação consiste em levar noções de cidadania para os alunos do ensino médio, bem como atos infracionais, bullying, discriminação, ódio, direito de família e violência sexual. Advogados da OAB de Suzano vão às escolas orientar os adolescentes de como lidar com essas situações, direitos e deveres.
 
Noções da Constituição Federal e do Código Penal também serão ensinados pelos profissionais. "Isso deveria fazer parte do ensino de todos nós. A OAB vai tentar, ainda que timidamente, preencher um pouco dessa lacuna", disse o vice-presidente, Fabrício Cicone.
 
Segundo o presidente Wellington da Silva Santos, a doutora Edjane Maria da Silva Sutero, presidente da comissão do projeto, já está participando de reuniões do conselho de educação e entrou em contato com a delegacia de ensino para que, no mais breve possível, a OAB esteja nas escolas. "Os jovens saberão se podem trabalhar como menor aprendiz, sobre a questão da insalubridade e outros assuntos", disse.
 
"Essas noções também impactam na própria família. A criança pode falar para o pai, que trabalha em condições insalubres, que ele tem direito de receber. Então fomentando na escola, os alunos podem levar para as casas", emendou.
 
OAB vai ao bairro
 
Além do "OAB vai à Escola", a unidade de Suzano também tem o projeto "OAB vai ao Bairro", que consiste em levar orientações jurídicas para a população carente. A ideia já está sendo colocada em prática, e alguns bairros da cidade já foram beneficiados com o projeto. 
 
"Queremos levar cidadania. Nós vamos passar uma base simples e de forma didática para que a população saiba quais providências tomar em alguns casos", disse Wellington, que tentará levar o projeto a todos os bairros de Suzano até o fim do mandato, que será em 2021.
 
"É importante porque às vezes as pessoas entram na OAB e pegam senha, sendo que só querem tirar uma dúvida ou pegar uma orientação simples. Essas orientações, a gente pretende levar para os bairros", explica Fabrício. 

Deixe seu Comentário

Leia Também