quarta 21 de fevereiro de 2024Logo Rede DS Comunicação

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 34,90 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 21/02/2024
Envie seu vídeo(11) 4745-6900
Cidades

Operação tapa 3.600 buracos em 30 dias em Mogi após ampliação das equipes de manutenção

Secretaria de Infraestrutura Urbana de Mogi divulgou um balanço das atividades entre 6 de março e 6 de abril

11 abril 2023 - 18h42Por De Mogi

Mais de 3.600 buracos foram tapados nas vias de Mogi das Cruzes nos primeiros 30 dias depois da ampliação da capacidade de atendimento da Operação Tapa-Buraco no município. A Secretaria de Infraestrutura Urbana divulgou um balanço das atividades entre 6 de março e 6 de abril. No total, 3.626 buracos foram fechados neste período, beneficiando 278 vias, distribuídas em 15 bairros.

A ampliação do serviço ocorreu no início de março, quando o atendimento passou de três para sete equipes. Cada time conta com 10 toneladas de massa asfáltica diária para a realização dos serviços.

Com a ampliação, o aumento na média de buracos tapados já pode ser observada - são mais de 120 por dia. Para se ter uma ideia, em todo o ano passado, 14.544 buracos foram tapados no município. Só em 2023, este total chega a 8.933, o que corresponde a 61% do total de 2022. 

"Além da malha viária do município ser muito antiga, enfrentamos um período de chuvas intensas nos últimos meses, além do esperado. Isso acaba deteriorando a capa asfáltica e exige intervenções mais rápidas. Assim com, esta ampliação nas equipes e com o período de estiagem chegando, nossa expectativa é que aceleremos ainda mais a efetividade da Operação Tapa-Buraco," explica o secretário municipal de Infraestrutura Urbana, Alessandro Silveira.

A Operação Tapa-Buraco é realizada ao longo de todo o ano, em toda a malha viária pavimentada do município. Antes de entrar em qualquer via, as equipes fazem o mapeamento das condições em cada local e, com isso, conseguem identificar o número de buracos a serem tapados em cada rua atendida. É importante lembrar que todo serviço de solo depende diretamente das condições climáticas para que seja realizado. Em dias chuvosos, não há viabilidade técnica para as equipes atuarem. Por isso, são feitos ajustes no cronograma sempre que necessário.

A definição da ordem de atendimento obedece a levantamentos próprios da Secretaria de Infraestrutura Urbana e também a pedidos de manutenção feitos pela comunidade. O canal oficial para que o cidadão registre solicitações junto à Prefeitura é a Ouvidoria, pelo telefone 156, ou por meio do aplicativo Colab.