domingo 26 de maio de 2024Logo Rede DS Comunicação

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 34,90 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 26/05/2024
Envie seu vídeo(11) 4745-6900
Educação

Palestra gratuita de “Comunicação com Inteligência Emocional” com Marilei Schiavi e Patricia Fernandes

Evento será no próximo dia 10 de novembro, em Suzano

08 novembro 2022 - 10h20Por Da Reportagem Local

Você já parou para pensar no quanto a inteligência emocional tem relação com a comunicação? Suzano recebe no próximo dia 10 de novembro “Comunicação com Inteligência Emocional”, um evento para quem deseja aprender a se comunicar de forma assertiva e ter inteligência emocional para aplicar em sua vida pessoal e profissional.

Simplificando, a inteligência emocional é a capacidade de processar seus próprios sentimentos e emoções, especialmente em situações estressantes. Embora este não seja um conceito novo, seu uso no campo profissional tem aumentado devido às mudanças significativas das relações sociais e de trabalho que ocorrem atualmente.

Psicanalista especialista em Linguagem do Corpo, master em Hipnose Clínica e treinadora mental, ela traz dicas sobre a comunicação e o poder emocional.

“A grande sacada é que a inteligência emocional nos ajuda a conquistar as coisas. Porque, por exemplo, se eu vou em uma entrevista de emprego e não estiver adequadamente vestida, só pela minha comunicação não verbal eu posso ser descartada. Ser inteligente emocionalmente inclui saber como utilizar as minhas emoções mediante a comunicação junto ao outro e as situações”, ressaltou Patricia Fernandes.

A palestrante vai explicar como melhorar a comunicação utilizando a inteligência emocional. “Precisamos ver como a gente reage às situações, a gente não pode reagir, mas sim, responder às coisas. Então quando alguém fala algo para você e você imediatamente rebate, você não tem inteligência emocional. Aquele famoso exército de que precisamos    respirar fundo, contar até dez é verdadeiro para não reagir. Precisamos  pensar antes de falar, porque as pessoas sempre têm um histórico por trás da sua história de vida. Ela está com alguma questão  emocional ou física, se ela agiu daquela forma eu também vou reagir? Eu vou estar me igualando a elas”, destacou.

Para se inscrever gratuitamente, clique aqui e faça sua inscrição com a troca de um quilo de alimento não perecível.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também