quinta 22 de fevereiro de 2024Logo Rede DS Comunicação

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 34,90 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 22/02/2024
Envie seu vídeo(11) 4745-6900
Melhorias na CPTM

Passageiros esperam melhorias na sinalização nas estações da CPTM

Usuários dos trens na região disseram que a expectativa é de aprimoramento nas sinalizações

29 janeiro 2023 - 18h24Por Ingrid Leone - de Suzano

Os passageiros da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) esperam melhorias nas sinalizações e placas informativas das estações do Alto Tietê. 

A passageira Raissa Sandara utiliza as estações Estudantes e Poá todos os dias e para ela os locais precisam de aprimoramento. “Acho que poderia ser melhor, mas funciona. Sobre a mudança do trajeto que ocorre nesta quarta-feira (25), eles colaram um informativo impresso, bem pequeno em uma placa. Se a pessoa passa pela estação distraída ela nem vai saber ler, pois é pequeno, não chama a atenção e está em local visível, mas não se destaca”, disse.

No dia a dia, os passageiros acabam precisando de assistência dos seguranças e funcionários das estações para complementar as informações ou tirar-dúvidas. “Para as pessoas que utilizam a linha pela primeira vez a dificuldade pode ser maior, mas como o número de funcionários nas estações é alto elas terminam contando mais com os funcionários do que com as placas informativas", comentou Raissa.

O Rafael dos Santos também utiliza as linhas da CPTM todos os dias. “Acredito que falte um pouco mais de informação nas sinalizações. Por exemplo, a troca entre CPTM e metrô nas estações Itaquera e Tatuapé é gratuita, mas em horários e dias específicos da semana, falta um pouco de informação, já que fora desses horários e dias o usuário precisa ir até a estação Brás e de lá fazer a transferência para o metrô garantindo a gratuidade”, explicou. 

Santos utiliza frequentemente a Linha 11-Coral, da estação Antônio Gianetti Neto até Mogi das Cruzes e Estudantes. Apesar de pedir mais sinalizações, elogiou a comunicação sonora dentro das estações. “Eu considero eficaz, nos anúncios sonoros sempre estão falando sobre as falhas (que são frequentes, principalmente na linha 11) e com isso já avisam que os intervalos entre os trens e as paradas estão fora do comum”, diz Santos. 

Uma outra usuária da Linha Coral, a Melissa Senziali, destacou algumas melhorias que poderiam ser implementadas. “Acho que poderiam ter mais mapas das linhas espalhadas e talvez algum informativo de como usar esse mapa. Tem muita gente que tem dificuldade”, explicou.

Em entrevista ao Diário de Suzano, a Melissa também destacou a importância de placas com o nome da estação ao longo da plataforma. “Às vezes o passageiro não se atentou ao anúncio de voz, e nem à tela e não sabe se deve descer naquela estação ou em outra”, disse se referindo aos passageiros que já estão dentro dos trens e longe das telas informativas. 

A CPTM informou que no início de 2022 implantou novos avisos públicos (APs) nos trens e estações, adotando uma linguagem informal, mais jovial, acessível e direta. O objetivo, segundo a companhia, é facilitar a compreensão das mensagens aos diferentes públicos que utilizam o sistema. Aos novos APs, foram adotados “logos sonoros”, que permitem diferenciar avisos de rotina, operacionais e de ocorrências.

A comunicação visual das estações também passa por processo de modernização, com a adoção de monitores de 55 polegadas, instalados em pontos estratégicos das estações, onde são divulgadas informações operacionais e campanhas institucionais criadas para os passageiros. 

Atualmente, 28 estações contam com 95 monitores em funcionamento e todas as estações passarão a contar com o equipamento. Também passa por modernização a comunicação visual na fixa, com um padrão mais legível e simples na identidade das linhas. A atualização está sendo implantada gradualmente em todas as linhas. Os trabalhos já foram concluídos em 10 estações: Palmeiras-Barra Funda, Lapa e Jundiaí, na Linha 7-Rubi; São Caetano, Utinga, Prefeito Saladino, Capuava e Rio Grande da Serra, na Linha 10-Turquesa; Antonio Gianetti Neto, na Linha 11_Coral; e Itaquaquecetuba, na Linha 12-Safira. 

A CPTM mantém o site www.cptm.sp.gov.br, onde é possível acessar todas as informações relevantes sobre a empresa. Os passageiros podem consultar informações nas redes sociais oficiais da companhia (TT @cptm_oficial e FB @cptm.fanpage) e ou pelo telefone 24 horas 0800-055-0121. Outras ferramentas são o whatsapp (11) 9 9767-7030 e o e-mail passageiro@cptm.sp.gov.br. Nos trens e estações há monitores eletrônicos e o público também pode utilizar o aplicativo CPTM Oficial, onde podem ser consultadas informações de trajeto, situação das linhas e canais de comunicação. O aplicativo é disponibilizado gratuitamente no Google Play ou na Apple Store. 

Com relação ao Mapa do Transporte Metropolitano, está disponível nos acessos de entrada das estações, nas plataformas e no interior dos trens (acima da porta ou nas paredes laterais). Inclusive, a CPTM está inserindo QR Code dos mapas de linha no interior dos trens para facilitar a consulta dos passageiros que podem se guiar visualizando os mapas em seus smartphones. O QR Code já está disponível em alguns trens das linhas 7, 10, 12 e 13, devendo ser instalado na próxima etapa, na frota da linha 11. O mapa é padrão para todas as operadoras, e em sua confecção existe a preocupação de indicar todos os pontos da rede de transporte metropolitano de uma forma que fique o menos poluído possível, sendo revisado a cada 6 meses.

Deixe seu Comentário

Leia Também