sábado 02 de março de 2024Logo Rede DS Comunicação

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 34,90 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 01/03/2024
Envie seu vídeo(11) 4745-6900
Cidades

Passageiros expõem problemas causados por paralisação nos trens

Na quinta-feira (20), a circulação da Linha 11-Coral ficou paralisada.

30 abril 2023 - 16h00Por Gabriel Vicco - de Suzano

Passageiros da região expuseram, na semana passada, os problemas que passam durante a circulação dos trens da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM).

Na quinta-feira (20), a circulação da Linha 11-Coral ficou paralisada.

De acordo com a Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM), uma falha de sinalização na Estação Tatuapé causou velocidade reduzida e um maior tempo de parada entre as estações Luz e Guaianases. Às 19h10, os trens pararam de circular e só voltaram normalmente às 21h50.

Everton Dertonio afirma que saiu do trabalho, em São Paulo, por volta das 20 horas, mas só chegou em casa às 00h30. 

Ele explica que, em dias de circulação normal dos trens, chega em casa às 21h45. 

“Fiquei preso do lado de fora do Shopping Itaquera. Sabia que a Luz estava ruim, então fui direto para Itaquera, mas mesmo assim não tinha trem”.

A estudante Gabriely Nascimento diz que teve de faltar na faculdade por conta da paralisação. 
“Trabalho na Avenida Paulista e saí às 16 horas para poder chegar cedo na faculdade. Quando cheguei na Luz estava tudo parado, até a escada rolante. Quando eu consegui entrar no trem, ficamos mais 15 minutos parados e não parava de entrar gente. Várias pessoas não desceram onde precisavam. Cheguei em Suzano era 19h30. Foi loucura e pegou todo mundo de surpresa”.

Jonas Alves chegou atrasado no seu trabalho e definiu o dia como “terrível”. “Os trens pararam e a gente teve que andar a pé nos trilhos. Cheguei atrasado no serviço e ainda machuquei o pé quando estava andando. Foi um caos”. Alves explica que andou 25 minutos entre Dom Bosco e Itaquera depois de ficar 40 minutos preso dentro do trem. O atraso no trabalho foi de 1h20.

Em nota, a CPTM afirmou que “as equipes de atendimento das estações e de segurança prestaram auxílio durante todo o período”. A companhia continua dizendo que a paralisação total na Linha 11-Coral aconteceu pois passageiros desceram do trem e começaram a andar nos trilhos.