segunda 27 de maio de 2024Logo Rede DS Comunicação

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 34,90 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 26/05/2024
Envie seu vídeo(11) 4745-6900
Violência contra mulher

Patrulha Maria da Penha tem trabalho reconhecido e ganha medalha em Suzano

Neste mês da mulher, o grupamento recebeu a maior honraria concedida pela Câmara em reconhecimento à contribuição e atuação no município

07 abril 2024 - 12h00Por da Reportagem Local

A Patrulha Maria da Penha da Guarda Civil Municipal (GCM) de Suzano, que tem um modelo de trabalho reconhecido no Alto Tietê e fora da região, recebeu a medalha Antônio Marques Figueira.

A honraria foi entregue às agentes Jaqueline de Lima Ferreira, Maria Gilcélia Ferreira e Maria Aparecida Alves de Almeida. A homenagem ocorreu na Câmara de Vereadores e foi proposta pelo parlamentar Antônio Rafael Morgado, o Professor Toninho Morgado.

A cerimônia teve início às 19 horas e contou com a participação do secretário municipal de Segurança Cidadã e chefe de Gabinete, Afrânio Evaristo da Silva, além dos vereadores Pedro Ishi, Artur Takayama e Lazario Nazare Pedro, o Lazaro de Jesus. Também estiveram presentes a comandante da corporação, Tatiana Orita; a delegada da Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) de Suzano, Silmara Marcelino; a presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Mulher (CMDM), Laís Matos da Silva; e a responsável pelo Departamento da Mulher, Maria Margarida Mesquita.

“A homenagem é totalmente merecida e sinto uma profunda gratidão por esse reconhecimento. A Patrulha começou com um trabalho modesto no passado e cresceu significativamente, não apenas devido à importância deste trabalho, mas também graças à determinação excepcional dessas GCMs guerreiras”, afirmou em discurso o secretário.

Para o prefeito Rodrigo Ashiuchi, a homenagem é fundamental para mostrar à população o trabalho efetuado pela Patrulha Maria da Penha. “A entrega da medalha Antônio Marques Figueira é a comprovação do compromisso e bravura das agentes, cujo trabalho incansável é um farol de esperança para as vítimas de violência doméstica. O reconhecimento merecido pela sua dedicação é um lembrete poderoso do impacto positivo que cada um de nós pode ter ao defender os direitos e a segurança das mulheres em nossa cidade”, concluiu.

Coroação

A entrega da medalha coroa um trabalho que a Patrulha Maria da Penha de Suzano vem desenvolvendo ao longo de quase uma década, se tornando uma ferramenta essencial no combate à violência doméstica. Como pioneira no Alto Tietê, o grupamento está prestes a completar 10 anos de atuação em outubro, tornando-se referência para outras unidades municipais em diversas cidades pelo país. Neste mês dedicado ao público feminino, em celebração ao Dia Internacional das Mulheres, em 8 de março, a patrulha ganha ainda mais destaque por sua corajosa atuação no enfrentamento direto da violência. O grupamento da GCM, atualmente, promove o monitoramento de quase 200 suzanenses. Quando as vítimas sob monitoramento continuam a enfrentar ameaças, é oferecido um suporte adicional por meio da instalação de um aplicativo nos celulares, como medida de precaução e apoio contínuo. A patrulha conta com a coordenação da agente Jaqueline e atende diretamente pelo número (11) 4743-1358 e 153.