quarta 21 de fevereiro de 2024Logo Rede DS Comunicação

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 34,90 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 21/02/2024
Envie seu vídeo(11) 4745-6900
Cidades

Rachaduras na pista da Índio-Tibiriçá colocam DER em alerta

Moradores que circulam pela pista estão receosos com os riscos. Departamento do Estado acompanha o caso

11 março 2023 - 05h00Por Ingrid Leone - de Suzano
Rachaduras no quilômetro 66 da Rodovia Índio-Tibiriçá (SP-31) preocupam motoristas. A fissura está no trecho há uma semana, próximo ao supermercado Semar, em Suzano.
 
A moradora Joyce Santos Lopes disse que muitas pessoas passam pelo local todos os dias para trabalhar. O trecho é muito perigoso, segundo ela.
 
As pessoas precisam desviar de carros e correm risco de acidente pois precisam caminhar no meio da rodovia.
 
“Ninguém tomou providências sobre o problema. Não tem nem por onde passar mais, estamos todos correndo risco”, disse.
 
De acordo com o Departamento de Estradas de Rodagem do Estado de São Paulo (DER) ocorreu identificação de uma erosão.
 
O trecho foi avaliado e a empresa responsável pela execução dos serviços necessários foi acionada. O local está isolado e sinalizado.
 
O Departamento também informou que a via recebe constantes serviços de manutenção através de Contrato de Conservação de Rotina.
 
Em janeiro deste ano, o DS trouxe reportagem mostrando que o governo de Tarcísio de Freitas (Republicanos) vai duplicar a Rodovia Índio-Tibiriçá (SP-31).
 
O projeto encontra-se em fase de elaboração. De acordo com o DER, a conclusão do projeto está prevista para o início do segundo semestre de 2023. Após conclusão será feita análise de viabilidade financeira, seguindo todos os trâmites necessários.
 
A Rodovia Índio-Tibiriçá atende Suzano e serve como ligação ao ABC e ao Litoral.
 
Diante desta fase de elaboração e após a conclusão do projeto, será feito uma análise de viabilidade financeira para saber o valor que será investido.
 
O local conhecido por diversos acidentes, com sua duplicação, deve aumentar e facilitar o fluxo de veículos.
 
Em novembro de 2022, o DS apurou a quantidade de acidentes nos três cruzamentos das linhas da MRS, empresa no distrito de Palmeiras, em Suzano.
 
Entre janeiro e outubro do ano passado, pelo menos três ocorrências foram registradas. Até então, a rodovia receberia um viaduto, direcionador de fluxo, uma passarela de pedestres na Estrada dos Moraes e a vedação de 2,6 km ao longo do perímetro urbano, implementados pela empresa MRS.
 
No final do ano passado, o DS trouxe reportagem mostrando que a Rodovia Índio Tibiriçá (SP-31) está há dois anos sem receber investimentos. O último ocorreu em 2020, quando recebeu obras de recuperação da pista, com aplicação de microrrevestimento, em uma extensão total de 37,2 quilômetros ao longo de quatro municípios que ligam o Alto Tietê ao ABC Paulista.

Deixe seu Comentário

Leia Também