terça 21 de maio de 2024Logo Rede DS Comunicação

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 34,90 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 19/05/2024
Envie seu vídeo(11) 4745-6900
Economia

Região paga R$ 53 mi em impostos municipais, estaduais e federais

Valor pago registrou uma diferença de R$ 911.979 a mais

12 janeiro 2023 - 14h00Por Guynever Maropo - de Suzano

A população do Alto Tietê pagou R$ 53.763.406,00 em impostos desde 1º de janeiro deste ano até a quarta-feira(11) início do ano. 

No comparativo com o mesmo período do ano passado, o valor pago registrou uma diferença de R$ 911.979 a mais, já que no mesmo período foram arrecadados R$52 milhões. Os valores correspondem a taxas municipais, estaduais e federais.

Os dados são do site do impostômetro, que é mantido pela Associação Comercial de São Paulo (ACSP), Federação das Associações Comerciais do Estado de São Paulo (Facesp) e pelo Instituto Brasileiro de Planejamento e Tributação (IBPT). 

Segundo o Impostômetro, as cidades que mais pagaram tributos, até agora, foram Mogi das Cruzes, Poá e Suzano. Em Mogi, pelo menos R$ 17,9 milhões em impostos foram pagos, seguido de Poá com cerca de R$ 11,02 milhões, e Suzano, com R$ 9,3 milhões arrecadados. 

Itaquaquecetuba vem na sequência com R$ 6,7 milhões e Arujá fica em quinto lugar com R$ 3,8 milhões. Ferraz de Vasconcelos fica na sexta posição. 

Guararema e Santa Isabel seguem acirradas na lista. Guararema fica na frente com R$ 1,18 milhão arrecadados. Já Santa Isabel coletou R$1,4 milhão de tributos. As cidades com menos valores até o momento, são Biritiba Mirim e Salesópolis. Os municípios pagaram R$ 332 mil e R$ 179 mil, respectivamente. 

Só em São Paulo, foram pagos, até o momento, R$ 38 bilhões já foram contabilizados pelo site. Isso corresponde a cerca de 37,39% da arrecadação de todo o país. 

O Impostômetro é um medidor estatístico para medir os impostos que o país, estado ou município paga em qualquer instante de tempo. Como alguns impostos são contabilizados uma vez por mês (ou por ano), o impostômetro normalmente se utiliza de uma regressão estatística para deduzir a arrecadação tributária em qualquer instante de tempo.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também