quarta 19 de junho de 2024Logo Rede DS Comunicação

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 34,90 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 18/06/2024
Envie seu vídeo(11) 4745-6900
Cidades

Repasses do ICMS às cidade do Alto Tietê somam R$ 334 milhões

Dados são referentes ao primeiro semestre de 2019; Mogi foi a cidade que mais recebeu, seguido por Suzano

26 junho 2019 - 23h58Por Fernando Barreto - de Suzano
As cidades do Alto Tietê receberam, neste primeiro semestre de 2019, mais de R$ 334,275 milhões em repasses do ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços).
 
Os repasses para os municípios são realizados por meio da Secretaria da Fazenda e Planejamento de São Paulo.
 
Repasses
 
Entre as dez cidades do Alto Tietê, as cinco que mais receberam repasses neste primeiro semestre, conforme consta no site da Secretaria da Fazenda do Estado, estão Mogi das Cruzes em primeiro, com um total de R$ 101 milhões . Seguido por Suzano, com um repasse de mais de R$ 83 milhões. Em terceiro lugar está Itaquaquecetuba, que recebeu mais de R$ 46 milhões.
 
O quarto e quinto lugar são ocupados por Arujá e Ferraz de Vasconcelos, respectivamente. 
Arujá recebeu um total de R$ 30 milhões e Ferraz um total de R$ 20 milhões.
 
A cidade de Salesópolis foi a que menos teve repasses, somando R$ 3 milhões. 
 
Procedimento
 
Os repasses são realizados em quatro depósitos por mês, para os 645 municípios do estado. 
Neste mês de junho, o último depósito foi realizado na terça-feira (25), referente a arrecadação entre os dias 17 e 21 deste mês.
 
O que a cidade de Santa Isabel arrecadou em seis meses, Suzano arrecadou apenas em junho. O valor recebido pela cidade foi de mais de R$ 11,9 milhões. Santa Isabel, nesses seis meses, arrecadou R$ 11,3 milhões.
 
Contudo, esse não foi o melhor mês para a cidade de Suzano, de acordo com os dados presentes no site da secretaria. O mês de abril foi o que a cidade mais arrecadou. Foram mais de R$ 16 milhões depositados nos cofres da cidade.
 
A cidade de Mogi das Cruzes, conforme já citado, foi a cidade que mais recebeu verba dos repasses do ICMS.
Somente o valor arrecadado neste mês de junho em Mogi, foi superior ao valor do semestre de quatro cidades do Alto Tietê.
 
Mogi das Cruzes, em junho, recebeu mais de R$ 14,5 milhões. Salesópolis, a cidade menos beneficiada pelos repasses, somou nesse semestre R$ 3,3 milhões.
 
As cidades de Biritiba-mirim e Santa Isabel, respectivamente nona e oitava colocada entre as cidades com mais repasses, receberam R$ 4,3 milhões e R$ 11,3 milhões (já citado), nos seis primeiros meses desse ano.
Guararema também foi superada pela arrecadação de junho de Mogi. A cidade das luzes de natal teve um total de R$ 14,2 milhões, o que também foi inferior a Mogi.
 
Outros
 
Poá não foi citada na matéria, mas teve um repasse total de R$ 19,1 milhões.