quarta 21 de fevereiro de 2024Logo Rede DS Comunicação

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 34,90 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 20/02/2024
Envie seu vídeo(11) 4745-6900
Cidades

Represas acumulam 49,8% da capacidade de armazenamento

Aumento nesta semana se deve a dois dias chuvosos. Quinta-feira (5) foi o dia mais chuvosos na região

07 janeiro 2023 - 08h00Por Guynever Maropo - de Suzano
As chuvas de janeiro elevaram em 49,08% nível de capacidade de água do Sistema Produtor do Alto Tietê (Spat). Com volume operacional de 48,03% no final de dezembro, no dia 31 de dezembro, o nível subiu com o acumulado de chuvas registrado nesta primeira semana de janeiro.
 
O aumento de mais de 2% nesta semana se deve a dois dias chuvosos. Quinta-feira (5) foi o dia mais chuvosos, com acumulado de 25,1 milímetro no dia. Na sequência vem terça-feira (3) com registro de 9,5 mm de chuva. 
 
Já nesta sexta-feira (6), o sistema registrou ainda 4,4 mm de pluviometria.
 
Represas
 
Até esta sexta, todas as represas da região operam acima de 49%. 
 
Primeira delas
 
A primeira delas é a represa Taiaçupeba, localizada entre Suzano e Mogi das Cruzes. O nível da represa chegou a 37,30 % nesta sexta. A represa segue operando com um sistema variando de 35% a 39%.
 
A represa Jundiaí, situada em Mogi das Cruzes, opera com 43,53% de capacidade de água. Jundiaí tem variação de 35% a 43% na capacidade de água.
 
Já a represa de Biritiba Mirim opera com 49,44% da capacidade de armazenamento. A capacidade da represa oscila entre 48% a 50%.
 
A represa de Ponte Nova, situada em Salesópolis, começou o ano com 53,32% da capacidade. A quantidade de água armazenada varia entre 51% a 53%.
 
Por último, a represa Paraitinga, localizada em Salesópolis, opera com a maior capacidade de 60%. A oscilação fica entre 57% a 60%.