segunda 27 de maio de 2024Logo Rede DS Comunicação

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 34,90 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 26/05/2024
Envie seu vídeo(11) 4745-6900
Cidades

Residência Inclusiva terá nova unidade em fevereiro

Munícipes recebem assistência com o objetivo abrigar pessoas com deficiência, ou em situação de dependência

06 janeiro 2023 - 20h00Por de Suzano

A Residência Inclusiva de Suzano realizou o acolhimento de dez pessoas de baixa autonomia entre 18 e 59 anos ao longo de 2022, promovendo trabalhos que possam ajudar no desenvolvimento social e pessoal desse público.

Os munícipes recebem assistência do local, que tem o objetivo abrigar pessoas com deficiência, ou em situação de dependência, que não disponham de condições de autossustentabilidade ou de retaguarda familiar. O serviço essencial revelou que ainda um novo espaço deve ser inaugurado em fevereiro, ampliando para 20 o número de pessoas atendidas.

A unidade já existente funciona por meio de parceria com a Associação de Apoio para Deficientes Visuais (Aadvis) desde novembro de 2017, em um imóvel adaptado às necessidades dos moradores, além de uma equipe e metodologia especializada para prestar todo o atendimento necessário.

Garantindo aos cidadãos o direito à dignidade desde o acolhimento, a Residência Inclusiva ainda executa o acesso ao serviço em padrões de qualidade nas áreas da higiene, acessibilidade, habitabilidade, segurança e conforto, além de buscar resgatar os vínculos familiares rompidos ou fragilizados, comunitários e sociais.

Por sua vez, a socialização ocorre por meio de atividades como rodas de conversa com os usuários, promovendo a avaliação contínua do serviço, e as necessidades e interesses dos acolhidos são ouvidas, reforçando o respeito entre todos.

Além das atividades em grupo, é realizado periodicamente a escuta individual para identificação de anseios do momento vivido e para o futuro, fazendo com que a equipe técnica e o cuidador de referência possam organizar juntamente com o residente a projeção do que ele espera, por intermédio do Plano Individual de Atendimento (PIA).

Segundo o secretário municipal de Assistência e Desenvolvimento Social, Geraldo Garippo, a iniciativa tem como objetivo integrar os membros do projeto à comunidade.

“Trabalhamos diariamente com os residentes em atividades direcionadas para o alcance da autonomia, sempre respeitando seus limites e interesses, construindo assim, projetos de vida que incentivam o aprendizado diário. Dessa maneira, queremos devolver a este público parte da autonomia que foi perdida, mas que com muito trabalho e dedicação podemos dar mais condições para eles se desenvolverem e não depender tanto de outras pessoas”, disse o chefe da pasta.