sexta 12 de abril de 2024Logo Rede DS Comunicação

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 34,90 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 12/04/2024
Envie seu vídeo(11) 4745-6900
Hospital das Clínicas

Reunião debate melhorias no serviço do HC prestado em Suzano

Tema central do encontro foi o processo de reforma e de ampliação do hospital da unidade de saúde

05 setembro 2017 - 12h00Por Lucas Lima - de Suzano
Reunião realizada no Hospital Auxiliar de Suzano - Hospital das Clínicas (HAS-HC) teve como objetivo debater sobre a ampliação da unidade médica de retaguarda, subordinada à Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FMUSP).
 
O tema central do encontro foi o processo de reforma e de ampliação do hospital. A unidade suzanense, que funciona no número 2.200 da Rua Doutor Prudente de Moraes, na Vila Amorim, atualmente conta com 60 leitos.
 
A estrutura é destinada a pacientes com quadro médico irreversível e que demandam cuidados permanentes.
O encontro contou com a presença do prefeito Rodrigo Ashiuchi (PR), de mebros da diretoria do Hospital das Clínicas, do deputado estadual Estevam Galvão (DEM), do secretário de Saúde, Luís Cláudio Rocha Guillaumon, do presidente da Câmara, Zaqueu Rangel (PSDB), e também parlamentar José Carlos de Souza Nascimento (PTB), o Zé Pirueiro.
 
A reunião ainda contou com a presença do superintendente do HAS-HC, Antônio José Rodrigues Pereira, do diretor-executivo da unidade, Fábio Yoshito Ajimura, bem como de representantes de deputados estaduais e federais do Alto Tietê.
 
Após o compartilhamento de informações referentes ao andamento das obras de reforma e de ampliação da unidade, que foi construída na década de 1960, originalmente com 120 leitos, a comitiva assistiu a uma apresentação sobre o cenário financeiro do hospital e, posteriormente, discutiu sobre a criação de um plano de trabalho conjunto entre a Diretoria do HC e o governo municipal, como uma espécie de apoio às tratativas relacionadas ao serviço prestado. O assunto deverá ser novamente discutido numa reunião que foi agendada para a segunda quinzena de setembro, na Capital. 
 
Após o encontro, o prefeito de Suzano, Guillaumon e os membros da Câmara visitaram as instalações do edifício C do HAS-HC, cujas obras de infraestrutura já foram concluídas. 
 
Ao final dos trabalhos, tanto o secretário, quanto Ashiuchi demonstraram empenho na busca por uma opção que ofereça benefícios aos pacientes de Suzano e de outras cidades do Alto Tietê. "Temos plena consciência da natureza do Hospital Auxiliar (HAS-HC) de Suzano, ou seja, na prática, ele não significa porta aberta à população, diferentemente do que foi divulgado ao público meses atrás. No entanto, temos a oportunidade de trabalhar, por meio de ações conjuntas, incluindo a participação do governo municipal, de autoridades ligadas ao HC e de deputados, um modelo que seja benéfico a todos, incluindo um maior acesso", afirmou o prefeito.
 
Estevam informou, por meio de nota, que “saiu completamente insatisfeito da reunião, já que não houve avanços por parte da equipe do HC”. Segundo ele, o plano de trabalho não teve início e não foi fixado data para a inauguração e início do atendimento da unidade. Informou ainda que esta insatisfação será levada ao secretário estadual da Saúde, David Uip, e ao governador Geraldo Alckmin (PSDB), para que ambos tomem providências e solucionem os problemas que houverem para que o hospital inicie o atendimento aos pacientes de Suzano e região o mais rápido possível.

Deixe seu Comentário

Leia Também