domingo 25 de fevereiro de 2024Logo Rede DS Comunicação

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 34,90 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 25/02/2024
Envie seu vídeo(11) 4745-6900
Cidades

Romu prende dupla acusada de integrar 'quadrilha do Pix'

Com os suspeitos foram apreendidos mais de R$ 5 mil, além de nove cartões bancários, dois aparelhos celulares, um drone e um veículo Ford Fiesta

11 abril 2023 - 10h30Por Da Reportagem Local

Agentes da Ronda Ostensiva Municipal (Romu), grupamento da Guarda Civil Municipal (GCM) de Suzano, prenderam no feriado de Sexta-Feira Santa (07/04) uma dupla suspeita de pertencer a uma quadrilha especializada em sequestros relâmpagos em que as vítimas são libertadas por meio de pagamentos via Pix. Com os suspeitos foram apreendidos mais de R$ 5 mil, além de nove cartões bancários, dois aparelhos celulares, um drone e um veículo Ford Fiesta. O flagrante foi encaminhado para a Delegacia Central de Polícia.

Tudo começou por volta das 20 horas, durante patrulhamento pela região central, quando pela rua General Francisco Glicério um dos suspeitos entrou rapidamente em uma farmácia e entregou uma quantia em dinheiro para outro homem que já estava no interior do estabelecimento.

Ao notar o comportamento incomum, a equipe da Romu decidiu pela abordagem e descobriu em poder de ambos a quantia de R$ 5.075 e os nove cartões bancários. Questionados pelos agentes, nenhum dos dois informou ser o proprietário dos valores, o que motivou a apreensão do montante. Na sequência, o carro da dupla, mais os dois celulares e um drone também foram recolhidos.

Durante a apresentação da ocorrência na Delegacia Central, a Polícia Civil levantou informação de que ambos seriam suspeitos de integrarem uma quadrilha que realiza sequestros e liberta as vítimas por meio de pagamentos via Pix. A função deles seria a de “conteiros”, ou seja, estariam responsáveis por sacar o dinheiro repassado via transferência bancária para determinadas contas e depois entregar os valores ao grupo criminoso.

A dupla deve responder criminalmente por estelionato. Sobre essa atuação da Romu, o secretário interino de Segurança Cidadã de Suzano, Afrânio Evaristo da Silva, destacou a habilidade dos guardas em perceber o comportamento fora do padrão dos suspeitos.

Deixe seu Comentário

Leia Também