quarta 21 de fevereiro de 2024Logo Rede DS Comunicação

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 34,90 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 21/02/2024
Envie seu vídeo(11) 4745-6900
Psicologia

Saúde da mulher: psicóloga dá dicas para aliviar cansaços emocionais e físicos

Segundo a psicóloga Rosana Silva, existem diferentes tipos de cansaço do nosso cotidiano que afeta a saúde física, mental e emocional das mulheres

06 março 2023 - 18h31Por De Suzano

Um levantamento realizado em parceria pelos institutos Cactus e Veredas revela que uma em cada cinco mulheres apresenta Transtornos Mentais Comuns (TMC). Ainda segundo esse estudo, a taxa de depressão, em média, é duas vezes maior entre elas do que a de homens com o mesmo sofrimento.

Para a psicóloga Rosana Silva, que atua em Suzano/SP e conversou com o DS na semana do Dia Internacional da Mulher (8 de março), a prevalência desses transtornos entre as mulheres está relacionada a diferentes processos sociais e culturais.

“Em geral, as mulheres desde cedo aprendem que são responsáveis por cuidar da casa e da família. Além disso, tem a questão dos preconceitos no mercado de trabalho, a dupla jornada no emprego e no lar, a pressão para estar sempre bonita e outros pontos, como a violência e o assédio. Todo esse conjunto causa sobrecarga e um cansaço mental capaz de gerar muito sofrimento”, comenta Rosana.

A psicóloga explica que existem diferentes tipos de cansaços que proporcionam esses desgastes no cotidiano. Os principais são o físico, o mental e o emocional.

“Todos esses tipos de cansaços são resultado de excessos de esforço, que juntos afetam o corpo, a mente e as emoções. E eles geram sofrimentos, como dores no corpo, e sensação de fadiga, dor de cabeça, sensação de esgotamento e falta de energia, sem contar os transtornos psíquicos como ansiedade e depressão”, pontua.

Para aliviar esses tipos de cansaços e ter uma vida com mais qualidade e saúde mental, Rosana lista algumas dicas práticas.

“É fundamental praticar atividades prazerosas, como passeios e momentos de lazer. Também é importante repousar e ter boas horas de sono. Além disso, vale a pena investir em momentos de autocuidado e buscar autoconhecimento e autogestão emocional. A saúde mental é um processo que requer um olhar para si”, afirma.

Dia Internacional da Mulher

Oficializada pela Organização das Nações Unidas (ONU) na década de 1970, o Dia Internacional da Mulher é celebrado no mundo inteiro todo dia 8 de março, simbolizando a luta histórica das mulheres por mais direitos e igualdade em relação aos homens.