sexta 01 de março de 2024Logo Rede DS Comunicação

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 34,90 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 01/03/2024
Envie seu vídeo(11) 4745-6900
Cidades

Saúde reforça importância da vacinação contra febre amarela

Para garantir a segurança contra a doença no período de folia, todas as unidades de saúde estão aplicando o imunizante

16 fevereiro 2023 - 09h00Por de Suzano
A Secretaria Municipal de Saúde está convocando os moradores para se vacinar contra a febre amarela antes do Carnaval, período que começa neste sábado (18/02) e segue até terça-feira (21/02). De segunda a sexta-feira, das 8 às 16 horas, as unidades de saúde estão aplicando imunizantes em pessoas de todas as idades, bastando apresentar RG, CPF, cartão do Sistema Único de Saúde (SUS), comprovante de residência e carteirinha de vacinação. Precisam se vacinar as pessoas que receberam a dose com menos de 5 anos, ou tiveram aplicada somente metade da dose.
 
A medida visa intensificar a proteção aos suzanenses às vésperas dos dias de folia, no qual muitos cidadãos podem viajar para locais onde há possibilidade de contágio por meio da ação de mosquitos vetores da doença, como o Aedes aegypti e o Aedes albopictus, que transmitem a doença em locais urbanos. Desta forma, a prevenção garantirá maior tranquilidade para a população aproveitar as festividades e não transmitirem o vírus quando retornarem à rotina.
 
O secretário municipal de Saúde, Pedro Ishi, explicou que Suzano não registra transmissões recentes da doença, entretanto um caso divulgado no interior paulista fez com que a pasta reforçasse a disponibilidade do imunizante na rede pública. “A transmissão da febre amarela se dá em áreas rurais e de alto índice de vegetação, algo muito presente no interior do Estado, por exemplo. Esse processo de imunização é essencial, pois este é um período do ano quando há um tráfego muito elevado de pessoas em diversas regiões do País, o que pode acarretar na ‘importação’ do vírus para a cidade”, afirmou.
 
 
Por sua vez, a diretora da Vigilância em Saúde, Maria Cristina Perin, pontuou que a criação de anticorpos contra um vírus por meio da vacina não é imediata, portanto quanto mais rápida for a vinda para imunização, melhor. “Estamos realizando este chamamento prévio justamente para que os suzanenses possam formar essa defesa natural para melhor combater a entrada do antígeno na via sanguínea”, comentou.
 
O prefeito Rodrigo Ashiuchi ressaltou que Suzano não registra casos de febre amarela há anos, mas a atenção deve ser constante para evitar o retorno da doença. “Garantir que não tenhamos munícipes infectados é possível graças ao trabalho das equipes da Saúde e da atenção por parte dos suzanenses, algo que, sem dúvida, é benéfico a todos. Em nome do secretário Pedro Ishi, eu parabenizo os profissionais envolvidos e convoco a todos para se vacinar o mais rápido possível e garantir um Carnaval seguro não apenas para si mesmo, como para o próximo”, enfatizou.
 
Importante ressaltar que, além da disponibilidade da vacinação, a Saúde, por meio da Coordenação de Controle de Zoonoses, também executa um trabalho regular de monitoramento nos bairros da cidade para encontrar focos de água parada nos quais o vetor da doença pode se desenvolver, realizando ainda orientações como uso de repelentes e atenção aos sintomas, em caso de contágio. Além desta, o Aedes aegypti também é transmissor da dengue, do zika vírus e da chikungunya.