domingo 25 de fevereiro de 2024Logo Rede DS Comunicação

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 34,90 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 25/02/2024
Envie seu vídeo(11) 4745-6900
Cidades

Secretaria e Sebrae idealizam novo projeto para artesãos

Iniciativa, que terá a orientação de especialistas sobre gestão de negócios, técnica e identidade artesanal e acesso a novos mercados

13 abril 2023 - 10h30Por Da Reportagem Local

A Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Geração de Emprego, em parceria com o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), promoverá o projeto “Artesanato Suzano Sem Fronteiras”. A iniciativa, que terá a orientação de especialistas sobre gestão de negócios, técnica e identidade artesanal e acesso a novos mercados, visa fortalecer o desenvolvimento do segmento no município. A capacitação será direcionada aos artesãos que possuem cadastro ativo na prefeitura e tenham a carteira municipal do artesão. A previsão é de que as aulas sejam iniciadas em maio no Centro Unificado de Serviços (Centrus), que fica na avenida Paulo Portela, 210, na região central.

Ao todo, 52 artesãos já cadastrados efetuaram as inscrições em 5 de abril (quarta-feira) no auditório Orlando Digenova, localizado no Centro de Educação e Cultura Francisco Carlos Moriconi. No momento, os registros estão em fase de filtragem, sob responsabilidade do Sebrae, para integrar o projeto. Esta seleção é feita com o objetivo de separar os artesãos em situação de vulnerabilidade social e aqueles que já atuam como empreendedores para que, na sequência, estes grupos sejam alocados em projetos específicos.

Além disso, o plano anual para o artesanato prevê que duas feiras, a Mega Dia das Mães e a Mega Natal Artesanal, sejam realizadas ao longo do ano. Antes destes eventos, a pasta busca oferecer os cursos em parceria com o Sebrae visando melhorar no atendimento, produção e qualidade dos produtos oferecidos à população. Desse modo, é possível contribuir com o cumprimento do “Programa Municipal de Valorização do Artesanato e do Artesão de Suzano”, garantido pela lei municipal nº 5.177/2019.

De acordo com o chefe da pasta, André Loducca, este tipo de capacitação visa incentivar os profissionais que atuam neste segmento. “O trabalho artesanal requer uma habilidade específica e, por isso, deve ser valorizada. Com esse treinamento, buscamos melhorar ainda mais os serviços realizados pelos artesãos, de modo em que eles possam oferecer produtos devidamente qualificados aos consumidores. Sem dúvidas, a comercialização destes itens contribui para o aquecimento econômico da cidade”, disse o secretário.

“O artesanato é uma fonte de renda para diversas pessoas, por isso nosso objetivo é valorizar esta categoria de trabalhadores”, finalizou Loducca.