quarta 19 de junho de 2024Logo Rede DS Comunicação

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 34,90 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 18/06/2024
Envie seu vídeo(11) 4745-6900
Cidades

Secretário fará reuniões para rever protocolo de segurança

Primeiras reuniões para discutir segurança acontecem ainda nesta semana em todo o estado de São Paulo

20 março 2019 - 23h58Por Dennis Maciel - Suzano
Reuniões para debater a segurança nas escolas serão promovidas em todo o estado. O tema será discutidos entre a Polícia Militar (PM) e a Secretaria da Educação do Estado de São Paulo. Os encontros que acontecem a partir desta semana visarão identificar fragilidades no sistema de segurança das escolas. A iniciativa foi proposta por conta do atentado em Suzano, que aconteceu na semana passada.
 
O secretário de educação do Estado de São Paulo, Rossieli Soares, esteve presente no ato ecumênico em homenagem às vítimas do massacre na Escola Raul Brasil. Durante uma entrevista coletiva, o secretário afirmou que organizou reuniões juntamente com a PM para reforçar a segurança nas escolas.
 
"Estamos realizando uma série de reuniões e discutindo juntamente com a Polícia Militar (PM) a segurança nas escolas. Não basta colocar um policial na porta das escolas. Precisamos apreender a identificar a fragilidade do sistema de maneira mais ampla. Estamos revendo os procedimentos com apoio de especialistas. A formação e cuidado das pessoas é prioridade", afirma o secretário. 
 
O secretário explicou que se reuniu, ainda nesta semana, com o comando da PM para discutir a fragilidade no sistema de segurança das escolas. "Estas reuniões acontecerão no estado inteiro entre o comando da Polícia Militar local e nossos dirigentes para discutir o tema do ponto de vista da segurança. Ainda nesta semana daremos início a estas discussões", conta. 
 
Em relação a volta às aulas no colégio, o secretário garantiu não ter as datas definitivas para o retorno das aulas. Segundo ele reuniões serão realizadas nesta semana e conforme as condições necessárias as aulas serão retomadas. A decisão será tomada em conjunto com a escola, com o objetivo de respeitar o tempo de recuperação dos alunos.
 
"A Secretaria de Educação e o Governo do Estado estuda uma parceria com a Prefeitura para poder dar atendimento as instituições em quanto for necessário. Estamos contratando profissionais para atender os alunos até o final do próximo ano para dar suporte aos envolvidos", finaliza.