sexta 14 de junho de 2024Logo Rede DS Comunicação

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 34,90 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 14/06/2024
Envie seu vídeo(11) 4745-6900
Cidades

Secretário presta contas e garante esforços para evitar fechamento

Foram tratados assuntos como volume do atendimento básico, trabalho da Saúde Mental durante ataque em escola

28 maio 2019 - 21h00Por de Suzano
O secretário municipal de Saúde, Luis Claudio Guillaumon, participou na tarde desta terça-feira (28) da audiência pública de prestação de contas da pasta. O evento, realizado no plenário Câmara de Suzano, tratou de todas as ações realizadas na área entre janeiro e abril deste ano. Também participaram a diretora Tânia Mara Porfírio e a coordenadora de Saúde Mental, Dulce Ramos. A sessão foi presidida pela presidente do Legislativo, vereadora Gerice Rego Lione.
 
Na primeira parte da audiência pública, a coordenadora Dulce apresentou os dados referentes ao atendimento em Saúde Mental, em especial um levantamento em separado quanto às circunstâncias do ataque à Escola Estadual Professor Raul Brasil, ocorrido em 13 de março, principalmente de acolhimento de vítimas da tragédia e seus familiares. Também reforçou o serviço que continua até hoje, com 210 pessoas inclusas nos Centros de Atenção Psicossocial (Caps) da cidade.
 
Além disso, o secretário mostrou a quantidade total de 1.508.855 procedimentos realizados pela pasta nos primeiros quatro meses do ano. O número engloba os procedimentos na atenção básica (239 mil), atenção especializada (475 mil) e rede de urgência e emergência (793 mil). Uma das estatísticas era referente às 292 mil consultas realizadas no primeiro quadrimestre, o que equivale a 102 por hora.
 
Durante o espaço aberto para as perguntas pertinentes à pauta da audiência pública, vereadores perguntaram sobre a viabilidade de extensão do horário de atendimento nos postos, a possibilidade de implantação de uma campanha direcionada à saúde visual, o “Abril Marrom”, a demanda por profissionais especializados na rede de atenção básica e a ampliação da Unidade Básica de Saúde (UBS) da Cidade Boa Vista.
 
Questionado sobre a atuação do município em prol da manutenção das operações da Santa Casa de Misericórdia, que se encontra sob intervenção, Guillaumon reforçou que a administração municipal está trabalhando para que não ocorra o fechamento. “Todos sabemos da situação e o prefeito está atuando intensamente nessa questão. É necessário que todos nos unamos para evitar o fechamento da Santa Casa, haja vista o esforço que a Prefeitura de Suzano vem fazendo na redução das dívidas da entidade com fornecedores e ex-funcionários”, explicou.
 
Além da presidente da Câmara de Suzano, também participaram da audiência pública os vereadores Rogério Gomes do Nascimento, André Marcos de Abreu, Alceu Mathias Cardoso, José Silva de Oliveira, Marcos Antônio dos Santos, Lisandro Frederico, Edirlei Junio Reis, Leandro Alves de Faria, Neusa dos Santos Oliveira e Antônio Rafael Morgado.

Deixe seu Comentário

Leia Também