domingo 14 de abril de 2024Logo Rede DS Comunicação

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 34,90 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 14/04/2024
Envie seu vídeo(11) 4745-6900
Saúde

Sem definição, Hospital Estadual de Suzano segue sem data para ser entregue

Secretário estadual de Saúde, David Uip, havia prometido a entrega no começo do semestre. Alckmin garantiu para junho

13 julho 2017 - 10h03Por Pâmela Queiróz - De Suzano
A data de inauguração do Hospital Estadual de Suzano, unidade anexa ao Hospital das Clínicas (HC), passa por estudos da Secretaria de Estado da Saúde. Conforme apontou a pasta, a definição do dia em que o equipamento será aberto será divulgada oportunamente. Em maio, em visita a Mogi das Cruzes, o chefe da pasta estadual, David Uip, disse durante a inauguração do Centro Oncológico do Hospital das Clínicas Luzia de Pinho Melo, que a previsão era abrir as portas do hospital que deverá atender pacientes de média e alta complexidade no começo deste semestre.
 
Ontem, a pasta voltou a detalhar que o novo prédio contará com 120 leitos, inclusive, 12 leitos em Hospital-Dia, 10 leitos de Semi Intensiva e 3 leitos Pós Cirúrgico, mas não soube apontar a data de abertura. Já o investimento na construção é de R$ 34,2 milhões e inclui, além do novo hospital, um centro de diagnóstico e a reforma do Hospital Auxiliar.
 
Em maio, Uip disse que ainda faltava concluir os últimos detalhes para abrir a unidade. "Acredito que o hospital será entregue no segundo semestre. Ainda falta o final da obra, não é muita coisa, mas como sempre digo, não gosto de anunciar obra que não esteja em funcionamento", frisa.
 
Na mesma ocasião, o governador Geraldo Alckmin (PSDB) acrescentou que a obra seria concluída em junho. "Terminamos a obra no próximo mês (junho) e na sequência vamos equipar a unidade e escolher uma Organização Social (OS) para fazer a gestão do hospital que irá funcionar ainda neste ano", frisa.
 
Atrasos
Conforme já divulgado pelo DS, a entrega do Hospital Estadual foi adiada por diversas vezes. A primeira previsão estava marcada para abril do ano passado. Na época, o HC disse que a finalização dos trabalhos foi prejudicada em decorrência de um vendaval que atingiu a cidade em maio. Na ocasião, árvores caíram em cima do prédio - que recebia os últimos acabamentos -, o que resultou em novos reparos.
 
Desde então novos prazos foram apontados, junho, julho e agosto de 2016, sendo que na sequência foi prometida a conclusão das obras para março deste ano e em seguida para este semestre. 

Deixe seu Comentário

Leia Também