domingo 26 de maio de 2024Logo Rede DS Comunicação

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 34,90 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 26/05/2024
Envie seu vídeo(11) 4745-6900
Inclusão

Servidores de Suzano completam formação sobre atendimento a pessoas com deficiência

Colaboradores de diversas secretarias municipais estão sendo capacitados

23 abril 2024 - 21h00Por De Suzano

A Secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social de Suzano, em parceria com Instituto Jô Clemente (IJC), completa, em 3 de maio (sexta-feira), no Complexo Educacional e Cultural Mirambava (rua Campos Sales, 884 – Centro), um curso voltado a servidores municipais que tem como objetivo o suporte a pessoas com deficiência para reforçar a rede de proteção a crianças e adolescentes na cidade. Cerca de 80 colaboradores de diversas secretarias receberão mais uma etapa de orientações e trocas de experiências visando à garantia de direitos a esse público, com apresentação dos dados de demandas e serviços ofertados.

Participarão da conclusão desta formação gestores e técnicos dos equipamentos municipais de Saúde, Educação, Assistência Social, Segurança Cidadã, Esporte e Lazer, conselhos municipais e Conselhos Tutelares, dentre outras representações. Este encontro é a última etapa de um ciclo que foi iniciado no dia 9 de fevereiro, no Cineteatro Wilma Bentivegna. Desde então, foram realizados ainda outros dois encontros, em 22 de março e 12 de abril, no mesmo local. Ao todo, aproximadamente 150 profissionais foram mobilizados para as atividades que estão sendo realizadas.

A capacitação conta com apoio do IJC, uma organização da sociedade civil que promove a autonomia e inclusão das pessoas com deficiência intelectual, doenças raras e Transtorno do Espectro Autista (TEA), e está sendo viabilizada com recursos do Conselho Estadual dos Direitos da Criança e do Adolescente (Condeca), por meio do projeto "Inclusão, mais que um direito!".

Ao longo dos encontros, foram desenvolvidas apresentações que abordaram diferentes perspectivas relacionadas a essa temática, dentre as quais: “Deficiência: um convite para conhecer as diferenças”; “Deficiência Intelectual”; “Crianças e Adolescentes: história, cultura e contextos atuais”; “Família e seus contextos”; “Violação de direitos contra crianças e adolescentes com deficiência”; “Prevenção à violência”; “Introdução à política pública e legislações”; e “Trabalho em rede: enfrentamento e prevenção”. Na etapa final, que é justamente o seminário, será feita uma análise da realidade municipal e discutidas estratégias que podem ser implementadas para o combate à violência contra crianças e adolescentes com deficiência intelectual.

O secretário Geraldo Garippo afirmou que a formação que está sendo proporcionada nesses encontros contribui diretamente para a garantia de direitos das pessoas com deficiência. “A integração entre as organizações, o Poder Público, o Condeca e os conselhos municipais ligados a esta causa faz toda a diferença na melhoria da qualidade de vida desse público. O fortalecimento da rede de proteção às crianças e adolescentes também passa pela formação de gestores e técnicos que atuam diariamente nos equipamentos e nas políticas públicas do município”, declarou o titular da pasta.

Deixe seu Comentário

Leia Também