Envie seu vídeo(11) 97569-1373
sábado 14 de dezembro de 2019

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 13/12/2019
PMMC DENGUE
Evatânia Psicopedagoga

Suzanenses cobram novo uso de áreas debaixo de viadutos

Eles reclamam da situação de abandono nos locais e pedem providências às autoridades

Por Isabelle Santini - de Suzano13 JUL 2019 - 20h21
Os comerciantes e moradores  que residem e trabalham nas proximidades do viaduto Ryu Mizuno e do Rodoanel Mário Covas pedem melhorias em relação à infraestrutura e limpeza dos locais, principalmente na parte debaixo das vias. 
 
OPINIÃO
 
É o que comenta a vendedora Thaina dos Santos que trabalha em uma floricultura ao lado do Ryu Mizuno. "Acho que algumas obras de revitalização poderiam ser feitas. O local está abandonado e ficando feio por causa dos lixos que são jogados. Além da conscientização da população para que todos tenham a consciência de não jogarem lixos no local".
 
O profissional em marketing, Sergio Cássio, diz que a parte que fica embaixo do viaduto poderia ser fechada e transformada em uma área de lazer e recreação, que se tornaria uma opção para os suzanenses e ressalta que essa mudança traria mais segurança para todos que se locomovem pelo local. 
 
"A estrutura está sendo comprometida por causa das pessoas em situação de rua que acabam 'tacando' fogo. Sendo assim, a segurança de todos que transitam pelo local é precária", indaga. Ele ainda afirma que esta ação, quando praticada, prejudica e danifica a estrutura do viaduto. 
 
"Acho que outro viaduto poderia ser construído na cidade, um na Rua Roberto Simonsen com saída para o Rodoanel, seria mais uma opção de locomoção para todos, já que o Ryu Mizuno está abandonado há algum tempo", finaliza.
 
O funcionário da concessionária 'Ney Car', que é situada ao lado do viaduto Ryu Mizuno, Valdemir de Araújo, compartilha das mesmas opiniões de Sergio Cássio e afirma que projetos de limpeza, higiene e zeladoria deveriam ser realizados com frequência no local. "O viaduto é uma forma de locomoção para muitas pessoas e ele está abandonado. Algumas obras deveriam ser feitas para que a situação e infraestrutura do local mude".
 
Limpeza e retirada de descarte são constantes, diz secretaria
 
A Secretaria Municipal de Manutenção e Serviços Urbanos de Suzano informou que as ações de limpeza e retirada de descarte irregular (assim como capinação e roçagem, quando necessário) são constantes. As equipes de limpeza fazem as ações seguindo cronograma por regiões adjacentes, de forma rotativa. Por isso, em breve o local já deve passar por uma nova ação.

Sobre o descarte irregular de lixo, a secretaria pede que a população denuncie este tipo de ação, por meio do telefone da Fiscalização de Posturas, no (11) 4745-2046 - o horário de atendimento é de segunda a sexta-feira, das 8 às 17 horas. Também é possível ligar no plantão da GCM: 153 ou 4745-2150 (24 horas). 

No que compete aos moradores em situação de rua, o apoio a estas pessoas é realizado pelo Centro de Referência Especializado em Assistência Social (Creas). As abordagens são realizadas na parte da manhã, tarde e noite. 

As abordagens às pessoas em situação de rua tem como objetivo identificar a razão daquele indivíduo estar nesta situação, para que com o apoio do poder público possa restabelecer sua própria vida ou retornar ao convívio familiar. O apoio a estas pessoas é feito por meio do Centro de Referência Especializado em Assistência Social - Creas e da parceria com o Centro Social Bom Samaritano, fazendo encaminhamentos médicos para que a pessoa que está em situação de rua, em razão de alcoolismo ou drogadição possa realizar tratamento médico. "Atualmente o pernoite é fornecido pelo Centro Social Bom Samaritano, por meio do convênio com a prefeitura. Roupas de frio também são fornecidas por meio da parceria com o Centro Social Bom Samaritano. Para aqueles que não tem interesse em ir para o abrigo, o CREAS e o Bom Samaritano disponibilizam espaço para que os mesmos façam sua higiene pessoal, desde que sejam encaminhados pelos Creas", completou a nota.

RODOANEL
 
Sobre o Rodoanel, o vendedor de automóveis, Igor Santos, que trabalha ao lado do Rodoanel na Avenida Brasil, comenta que o local é palco de lixos, o que acaba atraindo alguns bichos. Ele afirma que o mato poderia ser aparado e limpezas e zeladorias deveriam ser executadas no local. "Creio que muitas pessoas acabam jogando lixo por lá, principalmente durante o período da noite", informa.

O proprietário da montadora de automóveis 'Atos Multimarcas', localizada próximo ao Rodoanel, Wellington Braz, fala sobre a questão da população despejar lixos pelo local, o que acaba prejudicando todos que se locomovem pela via. "Algumas pessoas não têm educação e jogam lixos embaixo do Rodoanel", conta.

SP MAR
 
Contatada, a Concessionária informou, em uma nota, que os 12 km de área sob o viaduto do trecho leste do Rodoanel foram contemplados com serviços de limpeza e revitalização. Essas ações consistem em melhorar a infraestrutura do local por causa de atos de vandalismo que ocasionam em problemas para os moradores das proximidades.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias