domingo 14 de abril de 2024Logo Rede DS Comunicação

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 34,90 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 14/04/2024
Envie seu vídeo(11) 4745-6900
Cidades

Suzano acredita em novos investimentos em rede hoteleira

16 junho 2017 - 08h00

Suzano possui 13 meios de hospedagem, entre hotéis, motéis e pousadas. A rede hoteleira da cidade é uma das exigências do Estado para tornar Suzano, Município de Interesse Turístico. As informações são da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Geração de Emprego de Suzano. A partir do aumento da demanda de hóspedes, a Prefeitura de Suzano acredita que novos empresários estarão dispostos em investir no setor. Segundo a pasta, Suzano providencia as documentações exigidas para concorrer a uma das 120 vagas à Município de Interesse Turístico. "A cidade oferece rede hoteleira condizendo e mais que suficiente com uma crescente demanda. Atualmente, nosso maior fluxo é o que atende o Turismo de Negócios, que tem como público os empresários, prestadores de serviços e funcionários das empresas", pontua. No que trata dos pontos turísticos, a pasta frisa que hoje o turismo rural e de aventura estão em desenvolvimento, pois são atividades turísticas que podem ser feitas em um dia. Ainda de acordo com a pasta, o último Plano Diretor de Turismo, realizado em 2015, aponta o cadastrado de 13 meios de hospedagem, entre hotéis, motéis, pousadas: Hotel Imperial, Hotel Shalon, Hotel Villa da Fonte Fazenda, Pousada Magic City, Hotel Metrópole, Suzanotel, Motel Emphasis, Hotel Itaguai, Nosso Hotel, Hotel Vip, Chácara dos Fernandes, Fazenda Santa Helena, Recanto da Lia. Ao todo, são 721 Unidades Habitacionais (UH's). A secretaria ressalta que os estabelecimentos estão de acordo com o estipulado pelo Estado, mas o município tem ainda alojamentos e acampamentos. "Atualmente se encontra em construção mais um hotel em frente ao shopping de Suzano. A partir do momento que a cidade apresentar um aumento de demanda, com certeza, novos empresários estarão dispostos a investir no setor", afirma. Para tentar receber o título de Município de Interesse Turístico, e arrecadar R$ 600 mil para investir no setor, a Prefeitura apresentou uma lista de atrativos com pouco mais de 60 pontos turísticos. A lista inclui lugares de relevância para a história e desenvolvimento suzanense, entre eles, a Igreja do Baruel e o Terazaki- 1º Templo de Judô da América Latina, construído em 1937. O município ainda aposta em um trabalho de fortalecimento do setor. Segundo a municipalidade, o território suzanense apresenta opções de lazer que envolve ecoturismo, turismo industrial, atividades recreativas e de entretenimento, visitação a fazendas, manifestações folclóricas, atividades pedagógicas, atividades gastronômicas, atividades equestre e de pesca.