segunda 15 de abril de 2024Logo Rede DS Comunicação

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 34,90 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 14/04/2024
Envie seu vídeo(11) 4745-6900
Cidades

Suzano avalia pedido de ajuda ao governo federal para concessões

02 maio 2017 - 08h00

A Prefeitura de Suzano vai avaliar pedir ajuda ao governo federal para financiar concessões. A informação foi confirmada nesta semana, após anúncio da União sobre a liberação de R$ 10 bilhões aos municípios em duas modalidades de crédito por meio de bancos estatais, como canais de distribuição, para financiar projetos. Segundo o governo federal, nesta linha de crédito, o tomador do financiamento é a empresa privada que assumir a concessão e a taxa de juros será de mercado. Por isso, não é necessário que municípios apresentem garantias para que o recurso seja emprestado, o que tende a facilitar seu desembolso. O presidente da Caixa, Gilberto Occhi, explica que são possíveis alvos dessas concessões, os serviços municipais de água e esgoto, cemitérios, iluminação pública, rodoviárias, estacionamentos, parques e praças. De acordo com o secretário de Planejamento Urbano e Habitação de Suzano, Elvis José Vieira, a liberação do crédito é muito interessante, já que pode atender demandas do município na área de saneamento. "Contudo, como o saneamento em Suzano não é municipalizado e sim de responsabilidade do Estado (por meio da Sabesp), a cidade enxerga de forma positiva a possibilidade para outras concessões (como cemitérios, iluminação pública, rodoviárias, estacionamentos, parques e praças)", explica. "Naturalmente, a pasta vai avaliar se há viabilidade para solicitar este crédito em função das demandas do município. Por isso, ainda não foi feito nenhuma solicitação formal", completa o chefe da pasta. Já a Prefeitura de Itaquaquecetuba informa que o recurso será solicitado pela Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp), que possui um convênio com a cidade. "A intenção é ampliar o índice de tratamento de esgoto no município com a construção de uma estação de interligação, que levaria o esgoto da cidade para ser tratado nas estações regionais", pontua. Também aguarda a definição da concessão de financiamento, assim como a sua liberação, para consequentemente, avaliar as possibilidades de utilização dos recursos a Prefeitura de Arujá, que assim como as demais cidades frisa que o saneamento do município é de responsabilidade da Sabesp.

Deixe seu Comentário

Leia Também